Desde 2015, o Itaú tem o principal patrocínio a uma das disputas mais importantes do tênis, o Masters 1000 de Miami. Neste ano, com uma nova casa para a competição, o banco brasileiro quer se consolidar como o grande parceiro da disputa. Para isso, apostou em uma série de ativações.

Uma das características que a competição ganhou neste ano é o tom laranja, tradicional da marca brasileira, que aparece por toda a estrutura montada no Hard Rock Stadium, a arena do Miami Dolphins, que neste ano foi adaptada pela primeira vez para o aberto de tênis da cidade americana da Flórida. O local, que receberá o Super Bowl em 2020, ganhou uma armação provisória no gramado, como palco principal. Nos arredores, foram montadas mais 30 quadras.

O Itaú passou para a Máquina do Esporte as principais ativações que serão realizadas neste ano, em que o banco aproveitará o espaço da moderna estrutura do estádio novo. Segundo a empresa, o local "amplia de maneira sem precedentes as experiências" promovidas pelos patrocinadores ao público presente. 

Logo na entrada, o banco inicia o Itaú Photo Tour, uma série de instalações para que os torcedores registrem a presença no local. Há, por exemplo, uma raquete gigante e uma grade com bolas laranjas com a frase "I'm living Miami Open". Há também uma cadeira de juiz central e um placar em que os fãs podem colocar o próprio nome, com a pontuação que quiserem. Tudo por uma boa foto.

O público será incentivado a tirar as fotos nos locais de ativações com a distribuição de ingressos para a final do torneio americano. Quem publicar imagens nas redes sociais nas estruturas montadas, com a hashtag "#itautakemetothefinals", concorrerá aos tíquetes. As melhores poses serão exibidas em um telão montado no complexo do torneio, e os donos das fotos ficarão com o prêmio.

LEIA MAIS: Análise: Marcas precisam de boas ofertas no país

O Itaú também aposta em um estande da marca com o troféu do torneio e sessões de autógrafos de atletas que passam pela competição, que contará com nomes como Serena Williams, Naomi Osaka, Roger Federer e Novak Djokovic. Para o público mais premium, há um lounge exclusivo da marca no Hard Rock Stadium.

"Estamos com o torneio desde 2009. Em 2015, viramos a marca que apresenta a disputa e já renovamos o patrocínio até 2024. Isso prova o retorno fantástico que temos, em uma incrível plataforma de relacionamento, geração de negócios e de experiências inesquecíveis para os fãs", ressaltou o diretor de marketing do Itaú Unibanco, Eduardo Tracanella, em nota.

 

Notícia Itaú Miami Open Ativação