A Lega Calcio, organização que gere o Campeonato Italiano, anunciou, nesta segunda-feira, que o processo de negociação dos direitos de transmissão das temporadas 2010/11 e 2011/12 está aberto para o mercado nacional. Em parceria com a Infront Sports & Media, a entidade vai oferecer quatro propriedades de TV fechada e uma para a rede aberta. A abertura das rodadas de propostas foi precedida pelas autorizações da Autoridade Italiana de Comunicação e da Autoridade Italiana Anti-truste. A parceria espera receber as ofertas do mercado até o dia 27 de julho, quando começará a sua avaliação. No fim do ano, o conjunto de propriedades nacionais oferecidas deve ficar completo com o lançamento dos pacotes de transmissão não-exclusivos. Antes disso, em agosto, a Lega Calcio deve abrir as conversas pelos direitos internacionais, já com a Copa e a Supercopa da Itália. Essa é apenas a segunda negociação de direitos de transmissão da Lega Calcio em parceria com a Infront. Na primeira oportunidade, a agência conseguiu reunir todas as equipes em um acordo conjunto pelas temporadas 2008/09 e 2009/10. Também por isso, o compromisso entre as partes foi renovado, em janeiro deste ano, até 2016. No total, a Lega Calcio deve amealhar pelo menos 1,8 bilhão de euros (R$ 5 bi) nesses anos. São 895,8 milhões de euros (R$ 2,5 bi) por 2010/11 e 927 milhões de euros (R$ 2,6 bi) por 2011/12.


Notícia Mídia