Na semana passada, a Máquina do Esporte informou que, se as coisas permanecessem do que jeito que estavam, a Inter de Milão teria uma queda de € 55,2 milhões em receitas vindas de patrocínios. O clube italiano, no entanto, vem correndo atrás de outras formas de monetizar e recuperar ao menos parte do prejuízo. Nesta sexta-feira (6), fez dois anúncios que podem gerar receitas por meio da tecnologia.

LEIA MAIS: Receita de patrocínio da Inter de Milão despencará em 2019/2020

Primeiro, a Inter divulgou oficialmente uma parceria de conteúdo com a agência de mídia Dugout. As duas partes já começaram a trabalhar em projetos há três meses como um período de testes. Nesse período, as visualizações de vídeos do clube aumentaram 142%, passando de 7 milhões para 17 milhões. De olho na receita que pode vir do conteúdo digital, a equipe milanesa decidiu ratificar uma parceria de longo prazo com a agência.

LEIA MAIS: Inter de Milão retoma direitos de varejo e licenciamento da Nike

LEIA MAIS: Inter de Milão deve encerrar parceria de 26 anos com Pirelli

Segundo o clube, a ideia é aumentar a produção de vídeos e ainda alcançar um público cada vez mais amplo, graças à extensa rede global de marcas, anunciantes e editores parceiros da Dugout. Pelo contrato, a Inter terá total transparência e controle sobre o conteúdo dos vídeos, mas permitirá que a Dugout acesse as filmagens em tempo real e também todo o arquivo de produções do clube.

Foto: Reprodução / Twitter (@Inter)

"A parceria com a Dugout nos dará uma oportunidade incrível de alcançar um público global mais amplo e entender verdadeiramente nossa base de fãs. É emocionante trabalhar com uma equipe apaixonada pelo conteúdo de futebol e que entende nossas diretrizes de marca, modelo de negócios e nossa necessidade de total transparência. Esperamos continuar nosso trabalho com a Dugout para oferecer aos fãs histórias únicas e interessantes sobre nossos jogadores e o clube", celebrou Luigi Ecuba, diretor de conteúdo de mídia da Inter de Milão.

"Estamos empolgados com o fato de a criação e a entrega do nosso conteúdo serem capazes de impulsionar o sucesso do clube quando se trata de atingir um público globalmente relevante, além de aumentar o envolvimento dos fãs", afirmou Sebastian Gray, vice-presidente sênior da Dugout.

Além da agência, o clube italiano ainda anunciou a Motorola como smartphone oficial pelo resto da temporada 2019/2020. A marca faz parte do portfólio da chinesa Lenovo, que se tornou parceira da Inter em julho deste ano.


Notícia Inter de Milão Dugout Motorola patrocínio conteúdo mídia vídeos marketing mercado receita monetização tecnologia