A Federação Inglesa de Futebol (FA) anunciou um acordo para a empresa de telecomunicações BT apoiar nos próximos cinco anos as seleções inglesas de futebol. O acordo já vale para o time masculino, que disputa a fase semifinal da Liga das Nações nesta quinta-feira (6), e para o feminino, que disputa a Copa do Mundo a partir desta sexta-feira (7). A marca da BT estará na camisa de treino dos times.

Foto: Reprodução

Na imprensa britânica, especula-se que o contrato valerá £ 10 milhões por ano, o que dará, no total, cerca de R$ 250 milhões. A FA estava à procura de um patrocinador máster desde que o contrato de parceria de sete anos com a Vauxhall expirou após a Copa do Mundo da Rússia no ano passado.

Segundo a empresa, o patrocínio servirá para mudar a imagem que o público tem da BT. A ideia é realizar diversas ações de ativação de marca para conseguir isso.

"Isso parece a peça que faltava no quebra-cabeça para realmente permitir que as pessoas vissem e experimentassem o que a BT pode fazer. A BT é um ícone nacional, e as pessoas cresceram com ela, seja nas caixas telefônicas ao redor delas ou no telefone no corredor, mas precisamos que as pessoas saibam que a BT faz muito mais do que isso", afirmou Pete Jeavons, diretor de marketing e comunicação da BT, em entrevista ao site Marketing Week.

Atualmente, A FA tem 22 parceiros comerciais, incluindo marcas importantes como Nike, Coca-Cola e Lucozade. Neste ano, o órgão também incluiu Boots e Barclays em no portfólio, antes de a BT se unir para preencher a lacuna que faltava ser preenchida.


Notícia Inglaterra Federação Inglesa futebol patrocínio BT marketing estratégia mídia mercado