Foto: Reprodução

O influenciador Júlio Cocielo, que tem o “Canal Canalha” no YouTube, perdeu o patrocínio do Submarino nesta Copa do Mundo.

Cocielo fez uma piada no mínimo infeliz sobre o craque francês Mbappé no jogo contra a Argentina e foi duramente criticado no Twitter, onde tem 7,43 milhões de seguidores. O influenciador brincou dizendo que Mbappé “conseguiria fazer uns arrastão top na praia”. 

Análise: Como ser relevante em meio a tanta informação?

O público recuperou diversos comentários de cunho racista do youtuber e os reenviou à página do Submarino, que afirmou que repudiava “qualquer manifestação racista”. Depois disso, a empresa tirou do ar a página que tinha Cocielo.

O próprio influenciador apagou mais de 50 mil tuítes após toda a repercussão da mensagem escrita sobre Mbappé. Antes da publicação, no sábado (30), eram mais 81,6 mil publicações no perfil. Nesta segunda-feira (2), o número caiu para 29,2 mil.


Notícia Júlio Cocielo influenciador Mbappé mídia mercado marketing Twitter racismo