A Umbro anunciou, nesta quarta-feira (31), um acordo com o volante Hudson, que atua pelo São Paulo. Com o jogador tricolor, a marca inglesa retoma o incentivo a atletas por meio de patrocínio contratual, com o objetivo de ampliar a presença no mercado brasileiro e não ficar "apenas" com os seis clubes que patrocina atualmente (Athletico Paranaense, Avaí, Chapecoense, Cruzeiro, Grêmio e Santos). Em junho, a marca anunciou um acordo para substituir a Under Armour no Sport a partir deste mês de agosto.

Foto: Reprodução / Twitter (@UmbroBrasil)

Hudson já treinou nesta quarta-feira (31), no CT do São Paulo, com a chuteira Medusae 3 Elite, que é o principal modelo da marca esportiva. Entre as características principais, pesa apenas 170 gramas e possui tecnologias que contribuem para agilidade, precisão no passe e também no chute.

"Tivemos uma grande virada de jogo nos últimos anos, nos tornamos a fornecedora com maior número de clubes, e hoje nosso desafio é criar um grande time de atletas patrocinados. O Hudson, com todo seu talento, chega para ser mais uma grande estrela do nosso elenco", declarou Paulo Mündel, diretor de marketing e DTC do Grupo Dass, dono da marca Umbro.

Além de conhecer o showroom da Umbro e já treinar com a nova chuteira, o jogador também já postou fotos e vídeos nas redes sociais em alusão à nova patrocinadora. Apenas no Instagram, o volante possui mais de 532 mil seguidores.

Hudson é o segundo atleta do São Paulo a fechar um aporte pessoal relacionado ao "equipamento de trabalho" em menos de uma semana. Na última sexta-feira (26), o goleiro Tiago Volpi assinou com a Uhlsport e passou a usar luvas da marca alemã.


Notícia Hudson São Paulo Umbro chuteira patrocínio marketing estratégia mercado brasileiro futebol visibilidade