A Hudl, empresa especializada em análise de desempenho, anunciou, nesta terça-feira (30) a compra da Wyscout, maior empresa de análise de vídeo, dados e recrutamento de futebol do mundo. Com isso, a empresa promete oferecer, a partir de agora, a maior plataforma de análise do esporte mais praticado do planeta.

A ideia é que a base de dados e vídeos da Wyscout passe a ser analisada pelo software da Hudl, gerando uma análise mais simples sobre o desempenho dos atletas.

Ao todo, a Wyscout possui mais de 550 mil perfis de jogadores e mais de 200 ligas e campeonatos, e é considerada líder mundial na captação e identificação de talentos para clubes de futebol e seleções nacionais. Atualmente, são mais de mil clubes profissionais, mil agências de jogadores e 60 seleções nacionais e federações que utilizam a plataforma.

Foto: Reprodução / YouTube (Wyscout)

"Ligar o conteúdo da Wyscout à plataforma de distribuição e análise da Hudl significa que os clubes deixam de se limitar ao talento regional e passam a ter acesso a uma rede mundial de atletas", disse Matteo Campodonico, CEO da Wyscout.

"Mesmo sem disporem de um batalhão de cientistas de dados, clubes de todos os tamanhos poderão tomar decisões de grande relevância, sofisticadas e baseadas em dados. A junção da Hudl e da Wyscout significa que treinadores, analistas e a comunidade futebolística terão acesso inédito a todos os vídeos e dados de que necessitam para os seus esforços de melhoria e para detectarem talento em todo o mundo. Tudo isto estará à distância de um clique, o que lhes permitirá concentrarem os seus esforços nas suas funções sem terem de percorrer vários sistemas. Vai ser uma importante mudança de paradigma", afirmou John Wirtz, diretor de produtos da Hudl.

Em um comunicado enviado à imprensa, as duas empresas demonstraram bastante entusiasmo com o potencial da união das competências de ambas para a comunidade futebolística mundial em um futuro próximo.

"Alguns dos maiores avanços vão ser potenciados pela aprendizagem automática e pela inteligência artificial. Os clubes podem tirar partido de sistemas de vídeo que não exigem operadores humanos e que produzem dados físicos de grande exatidão a partir do acompanhamento ótico dos jogadores, dados esses que estão acessíveis e podem ser usados com apenas alguns cliques. Tudo isto fará parte da Pro Suite, mas também estará ligado ao novo Hudl Sportscode, que será lançado em julho", finalizou John Wirtz.


Notícia Hudl Wyscout futebol análise desempenho estatísticas vídeo dados recrutamento mídia plataforma mercado