A Heineken segue com a estratégia de promover o patrocínio ao GP Brasil de Fórmula 1 com o legado de 25 anos de Ayrton Senna. Além da campanha #ObrigadoSenna e do Senna Tribute, que será realizado neste sábado (9) em São Paulo, a marca, junto com a Família Senna, promete emocionar os fãs do tricampeão mundial antes da prova marcada para 17 de novembro no Autódromo de Interlagos.

LEIA MAIS: Heineken recorre a Ayrton Senna para ativar GP Brasil de F1

LEIA MAIS: Tributo a Senna une Heineken e F1 pela primeira vez no Brasil

LEIA MAIS: Heineken lança filme da campanha "Obrigado", com Ayrton Senna

Exatamente às 12h05 do dia da corrida, que está marcada para as 14h, o sobrinho de Ayrton, Bruno Senna, rasgará o asfalto do circuito com a McLaren MP4/4, carro usado por Ayrton Senna e Alain Prost em 1988, ano do primeiro título mundial do brasileiro. O modelo é tido por muitos especialistas em automobilismo como o melhor carro de corrida de todos os tempos.

Ayrton Senna em ação pela McLaren em 1988, quando ganhou seu primeiro título mundial (Foto: Norio Koike / ASE)

"Sentimo-nos honrados em anunciar a primeira volta da icônica McLaren modelo MP4/4, da temporada de 1988, no Autódromo de Interlagos. Em 2019, anunciamos uma parceria inédita com a família Senna e, ao longo do ano, convidamos o grande público a celebrar os 25 anos do legado de Senna. Esta volta é a melhor forma que encontramos de coroar esta parceria com chave de ouro. Será um momento único em que mostraremos ao mundo a força e o poder de união de Ayrton Senna", comemorou Guilherme Retz, gerente da marca Heineken no Brasil.

Além de dar algumas voltas pela pista nas mãos de Bruno Senna, o MP4/4 ainda ficará exposto no setor H de Interlagos, mais precisamente na arquibancada Heineken, que também proporcionará aos torcedores um lounge especial com pista de autorama profissional, simulador de corrida e uma exposição com itens do ex-piloto. Além de patrocinadora da Fórmula 1, a marca de cerveja holandesa é dona dos naming rights da prova brasileira da Fórmula 1.

Vale lembrar que, em 1988, a McLaren venceu 15 das 16 provas do campeonato naquele ano (8 com Senna e 7 com Prost), fez 15 das 16 pole positions (13 com Senna e 2 com Prost), além de ter conquistado 199 dos 240 pontos possíveis.


Notícia Ayrton Senna Heineken GP Brasil McLaren Bruno Senna #ObrigadoSenna patrocínio marketing ação ativação F1 Fórmula 1