Nesta segunda-feira (17), a Globo oficializou o que a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) já havia sinalizado em outubro: os jogos de quarta-feira à noite em 2019 terão início às 21h30. O horário é 15 minutos mais cedo do que o torcedor estava acostumado desde 2016 e entrará em vigor em 6 de fevereiro.

A mudança de horário para um pouco mais cedo era um pedido antigo de clubes e torcedores. Antigamente, o horário marcado era 22h. De alguns anos para cá, houve a primeira modificação, para 21h45, e, agora, vem a que parece ser a definitiva.

Foto: Reprodução

Vale lembrar que, nas quartas-feiras do ano que vem, o torcedor deverá assistir a uma série de torneios diferentes. Isso porque a Globo tem os direitos dos Campeonatos Estaduais, Campeonato Brasileiro, Copa do Brasil, Copa Libertadores e Copa Sul-Americana. Os três últimos, por exemplo, sempre são disputados nos meios de semana.

De acordo com o UOL Esporte, a Globo ficou satisfeita com a mudança planejada e agora executada pela CBF. A emissora deixará de ser criticada por diversos torcedores por conta dos jogos terminarem muito tarde e espera aproveitar o fato de agora terminarem mais cedo para alavancar a audiência do resto do fim de noite da quarta-feira com o "Profissão Repórter".

"Um dos grandes desafios da CBF é aprimorar o calendário, distribuir melhor as competições durante o ano e oferecer aos torcedores dias e horários de jogos cada vez melhores. Fizemos um movimento nesta direção e vamos avançar mais em 2020", explicou Rogério Caboclo, atual diretor executivo de gestão da CBF e que assumirá a presidência da entidade em abril, em entrevista dada em outubro.

"Estamos sempre atentos às necessidades e desejos do público apaixonado por futebol e, em comum acordo com a CBF, chegamos aos novos horários da tabela de transmissão dos jogos em 2019. Desde 2016, quando o horário das partidas de quarta-feira foi antecipado de 22h para 21h45, temos feito ajustes na nossa grade de programação para conciliar e atender cada vez mais os interesses do público, do torcedor, dos clubes e de quem patrocina o esporte. Nosso compromisso com o futebol não é de uma temporada, é uma parceria de longo prazo", afirmou a Globo, em nota enviada para o UOL Esporte.


Notícia Globo futebol horário mídia transmissão CBF