Partida válida pela Copa São Paulo de 2012 - Crédito Divulgação

Partida válida pela Copa São Paulo de 2012 - Crédito Divulgação

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) pretende instituir até 2015 um calendário oficial para categorias de base do futebol brasileiro. Para isso, já elegeu um modelo: todas as competições serão moldadas a partir do que já é feito pela Federação Paulista de Futebol (FPF).

A entidade estadual foi escolhida por já ter um calendário mais cheio do que a maioria. Portanto, um cenário que acomode as necessidades da FPF também servirá para outros casos com menos jogos.

O calendário de base vai incluir Copa do Brasil (sub-15, sub-17 e sub-20), estaduais e competições com chancela da CBF, como Copa São Paulo, Taça BH e Campeonato Brasileiro sub-20.

O Campeonato Brasileiro sub-20, aliás, deve mudar de nome nos próximos anos. A competição tem chancela da CBF, mas não é organizada pela entidade, que deve pedir o direito sobre a marca.

Neste ano, a Copa do Brasil sub-20 vai ser realizada entre outubro e dezembro, mês em que vinha acontecendo o Campeonato Brasileiro da categoria. O período foi escolhido porque a CBF queria fazer ainda em 2012 a primeira edição do torneio.

A urgência da entidade justifica-se pela mudança no comando. A criação de um calendário para o futebol de base e a formação de uma Copa do Brasil sub-20 são ideias defendidas pelo atual presidente da CBF, José Maria Marin.

Como o mandatário é partidário da ideia, a confederação resolveu acelerar os planos. Por isso, ainda não existe uma previsão oficial de quando o calendário da base será constituído – 2015 é um prazo tratado informalmente, mas é possível que ele seja prorrogado ou antecipado.


Notícia CBF Gestão Copa do Brasil