Comitê formado pela FPF (Foto: instagram.com/fpf_oficial)

A Federação Paulista de Futebol lançou nesta semana um Código de Ética e Conduta, com uma série de regras de conduta para a organização do esporte no Estado.

Em evento realizado na sede da Federação, foram empossados uma comissão para cuidar das novas diretrizes da entidade. São cinco membros independentes, que avaliarão as condutas de dirigentes e profissionais responsáveis pelos eventos em São Paulo.

A comitê é formado pelo ex-jogador Belletti, pela desembargadora Maria Aparecida Pellegrina, a promotora do Ministério Público Carla Maria Altavista, o professor de direito da PUC-SP Cláudio Finkelstein e o ex-presidente da comissão de direito desportivo da OAB-SP Patrica Pavan.

Além disso, haverá um canal de denúncias anônimas para os torcedores, por meio do telefone 0800-9426263 e do e-mail disque.denuncia@fpf.org.br.

“É um simbolismo. Muito legal a federação dar um ponta pé inicial neste sentido. Por credibilidade, transparência, criar diretrizes claras de um mercado mais aberto. Hoje, com o mercado tão dinâmico e tão exigente em termos de compliance”, comentou o executivo da EY, Pedro Daniel, que abriu o evento.


Notícia Federação Paulista de Futebol Gestão Paulistão