A BBL, holding de entretenimento especializada no universo dos games, anunciou uma pesquisa com o Ibope Repucom para saber os hábitos de consumo dos fãs de e-Sports. Um dos resultados mostrou que eles são influenciadores de compras de eletrônicos dentro do ambiente familiar.

Segundo o estudo, os fãs de e-Sports são consultados 20% mais do que a média da população sobre a indicação de qual tipo de produto comprar. Para se ter uma ideia, sete em cada dez fãs são questionados em relação a algum assunto sobre marcas e modelos. A pesquisa aponta, ainda, que os fãs também usam mais cartão de crédito: 91% deles fizeram compras dessa forma nos últimos 12 meses.

GirlGamer São Paulo Festival na BBL (Foto: Divulgação) 

"A pesquisa realizada pelo Ibope Repucom foi uma forma de profissionalizar ainda mais o mercado e compreender um pouco mais do público fã de e-Sports, que tem crescido exponencialmente no país. Já sabíamos que esse público tem um grande potencial como consumidor, agora também comprovamos que o público tem muita influência na decisão de compra das pessoas próximas. Isso deve tornar o e-Sports ainda mais atrativo para as marcas", destacou Leo De Biase, cofundador da BBL.

A BBL nasceu da necessidade de unir as áreas do universo gamer, englobando desde a operação de torneios e produção de eventos até a criação de conteúdo em geral (campanhas, branding, coberturas, lifestyle, etc.) e ações com influenciadores digitais como streamers e youtubers. Grandes marcas do segmento fazem parte do grupo, entre elas ESL Brasil, ARCA, Party of Legends e Mais Esports.


Notícia BBL e-Sports Ibope Repucom pesquisa hábitos universo gamer influência mercado