A temporada 2019 da Fórmula 1 chegou ao final no último domingo (1º), com o GP dos Emirados Árabes Unidos, em Abu Dhabi. E, a julgar pelos números, parece que a categoria vai recuperando com a Liberty Media um terreno que havia sido perdido nos últimos anos em relação ao público brasileiro.

De acordo com o Painel Nacional de Televisão (PNT), as transmissões na Globo alcançaram 98,3 milhões de pessoas ao longo das 21 provas da temporada. Foram 9 pontos de audiência de média, o melhor índice em oito anos e um crescimento de 13% em relação a 2018.

Foto: Reprodução / Twitter (@F1)

Como costuma acontecer tradicionalmente, o GP do Brasil, penúltima prova do ano, foi o que registrou o melhor índice de audiência, com 12 pontos de média no último dia 17 de novembro, mesmo com o título já definido a favor do inglês Lewis Hamilton. Para muitos especialistas, a corrida no Autódromo de Interlagos foi, inclusive, a melhor do ano.

Nos bastidores, os números têm sido comemorados pela Globo, especialmente porque a audiência subiu e alcançou o melhor resultado em oito anos mesmo sendo o segundo ano consecutivo sem a presença de um piloto brasileiro no grid. A última participação nacional em uma corrida da categoria foi em 2017, quando Felipe Massa se aposentou da F1 na Williams. Em 2020, com os 20 pilotos já definidos, o Brasil seguirá sem representante.


Notícia Fórmula 1 F1 Globo audiência mídia transmissão mercado marketing Liberty Media