Os primeiros reflexos da compra da Fox pela Disney começam a ser sentidos na operação da ESPN no Brasil. Em uma reunião no início da tarde desta quinta-feira (25), German Hartenstein comunicou à equipe da emissora que deixará nas próximas semanas o cargo de diretor geral da ESPN.

German era, desde 2005, o principal executivo da ESPN no Brasil, tendo sido o responsável pela modernização da empresa, que deixou de ser uma emissora exclusiva de televisão para se transformar numa plataforma multimídia, com atuação em internet e streaming.

German Hartenstein entrou na ESPN em 1996 como diretor financeiro e, desde 2005, era diretor geral (Foto: Divulgação)

Sua saída encerra uma relação de 23 anos com a ESPN, onde ingressou em 1996 com o cargo de diretor financeiro. Nascido em Buenos Aires, ele recebeu seu diploma de graduação em Administração de Empresas pela FAAP em 1986. Em 1991 completou seu MBA no IBMEC, bem como sua EDP na Kellogg Graduate School of Management, em 2001.

A saida de German coincide com o anúncio interno feito pela Disney nesta semana  de que Michel Piestun (principal executivo da Fox no Brasil) passa a ser o responsável pela condução do esporte do grupo.

No Brasil, a Disney manterá apenas a marca da ESPN sob seu portfólio, mas em outros países, como a Argentina, a fusão das duas empresas (Fox Sports e ESPN) formará um grande conglomerado na mídia esportiva. 

A troca de comando na ESPN indica uma transformação a caminho da emissora no Brasil. No processo de compra da Fox, pairava a dúvida de quem assumiria o comando das operações. A Disney está obrigada a se desfazer dos ativos da Fox Sports, mas até agora não apareceu nenhuma empresa interessada na aquisição do canal.

Nessa nova configuração, executivos da Fox passaram a ter mais poder dentro do organograma da companhia. A saída de German é o primeiro grande indício desse novo comando.

Procurada pela reportagem, a ESPN afirmou que não comentará o caso.


Notícia Mídia ESPN FOX Sports Disney