Cerca de um mês e meio após o anúncio do ex-tenista italiano Andrea Gaudenzi como novo presidente da Associação dos Tenistas Profissionais (ATP), a entidade anunciou mais uma novidade para 2020. Após aprovação unânime do Conselho de Administração da ATP, que inclui jogadores e representantes de torneios, o também italiano Massimo Calvelli ocupará o cargo de CEO da entidade a partir de 1º de janeiro do ano que vem.

Aos 45 anos, o executivo é apenas um ano mais novo que Gaudenzi e chega com respaldo de quem possui mais de 20 anos no mundo do esporte da bolinha amarela. Calvelli estava desde 2011 na Nike, onde gerenciava todas as ações globais de marketing da fabricante americana relativas ao tênis.

Antes disso, ficou mais de dez anos na Wilson, marca de artigos esportivos que tem, entre suas especialidades, a fabricação de raquetes e outros acessórios de tênis. O site oficial da ATP apresenta o executivo como especialista em “vendas globais, marketing, operações e desenvolvimento de produtos”.  

Massimo Calvelli, o novo CEO da ATP (Foto: Divulgação / ATP Tour)

"Estou encantado e honrado em ser nomeado como o novo CEO da ATP. Estive envolvido no tênis profissional a maior parte da minha vida e espero trazer minha paixão e conhecimento do esporte para esse papel. É um momento muito emocionante para nos envolvermos com o ATP Tour, pois nos esforçaremos para aproveitar o crescimento dos últimos anos. Estou ansioso para começar em janeiro", afirmou Calvelli.

Com a confirmação do novo CEO, a ATP iniciará uma gestão diferente em 2020. Isso porque dividirá o trabalho do atual mandatário, Chris Kermode, em dois. Desde o final de 2013, o inglês acumulava as funções de presidente e CEO. Agora, a entidade terá dois italianos, um para cada uma das funções.

"Juntamente com o Conselho de Administração da ATP, tenho o prazer de receber Massimo como o novo CEO da ATP. Compartilhamos uma grande paixão pelo esporte, e estou confiante de que nossas diversas experiências de negócios servirão bem ao tour, enquanto trabalhamos de olho no futuro do tênis profissional masculino", resumiu Andrea Gaudenzi.


Notícia Massimo Calvelli ATP CEO tênis gestão mercado