Após ser "salva" pelo bilionário canadense Lawrence Stroll no ano passado, a Force India terá tudo novo na temporada 2019 da Fórmula 1. Ou melhor, quase tudo. Batizada agora de Racing Point, a escuderia apresentou o carro com o qual disputará o campeonato e, apesar de manter algumas coisas, mudou diversas outras para o novo desafio.

Para começar, o próprio nome, é claro, mudou. E não será apenas Racing Point. A escuderia vendeu os naming rights para a casa de apostas on-line queniana SportPesa, que possui operações no próprio Quênia, além de África do Sul, Tanzânia, Ilha de Man e Reino Unido (onde atua ao lado da TGP Europa). Dessa forma, o nome oficial da equipe em 2019 será SportPesa Racing Point F1 Team.

É desse acordo, inclusive, que vem outra mudança. O predomínio do cor-de-rosa, que já existia na Force India, permanece na nova escuderia, porém foi adicionado um azul na capa sobre o motor, no bico e na asa traseira, regiões em que aparece o nome da SportPesa, que tem como cor oficial justamente o azul.

Foto: Reprodução / Twitter (@RacingPointF1)

"Esta parceria é muito importante para nós porque nos coloca em novos territórios e nos permite alcançar novos públicos em todo o mundo. Igualmente importante é a plataforma que nos fornece, que nos permite permanecer fiéis à nossa missão de construir e desenvolver o esporte de base e profissional nos países onde operamos, trazendo novas oportunidades para as comunidades locais", declarou Adam Beighton, diretor da SportPesa.

"A SportPesa é uma empresa jovem, dinâmica e em crescimento, cujos valores se alinham à nossa própria visão de se tornar uma equipe capaz de competir na frente do grid. Estamos entusiasmados por ter um parceiro tão ambicioso a bordo para nos ajudar a entregar a missão da nossa equipe, e esperamos trabalhar com eles para aproximar o esporte da Fórmula 1 aos fãs de todo o mundo", afirmou Otmar Szafnauer, chefe de equipe da Racing Point.

A escuderia também confirmou outra novidade, um acordo com a construtora global JCB, que terá sua marca dos dois lados da asa traseira do carro.

Há, no entanto, parcerias que se mantiveram. O caso principal é da companhia de água austríaca Best Water Technology (BWT), que permanecerá como patrocinadora máster da equipe e terá visibilidade em diversas partes do carro, assim como nos macacões e capacetes dos pilotos Sergio Pérez e Lance Stroll.

"Esperamos ansiosamente por muitos destaques esportivos durante a nova temporada e desejamos aproveitar os sucessos dos últimos dois anos. Com a equipe ao nosso lado, a BWT trabalhará duro para ver a água tratada e consumida localmente, sem garrafas descartáveis, sem resíduos de plástico e sem longas rotas de transporte", disse Andreas Weißenbacher, CEO da BWT.

A temporada 2019 da Fórmula 1 terá início no dia 17 de março, com o Grande Prêmio da Austrália, no circuito de Albert Park, em Melbourne.


Notícia Racing Point Force India F1 Fórmula 1 SportPesa BWT JCB patrocínio máster naming rights marketing