Flamengo e Vasco estão em colocações distintas na tabela do Campeonato Brasileiro, mas ambos buscam uma sequência para alcançarem seus objetivos. E, com o bom momento, os clubes deverão arrecadar alto nos últimos dias.

O “milagre” do Flamengo é o título brasileiro. Após seis vitórias seguidas, o clube entrou no G4 e passou a sonhar com uma evolução como a de 2009. Na época, o time também não estava entre os favoritos, mas uma elevada ascensão no fim do torneio o fez campeão.

Por isso, o clube conseguiu o recorde de público do Campeonato na última quinta-feira, com quase 70 mil pessoas no Estádio Mané Garrincha. Para atuar na capital brasileira, a diretoria da equipe carioca vendeu o manda de campo por R$ 1 milhão. Mas um dispositivo no contrato em caso de a arena lotar deverá render mais R$ 500 mil aos cofres flamenguistas.

E, na loja oficial do clube em Brasília, o Flamengo espera ganhar um pouco mais. O marketing do time ofereceu transporte com o ídolo Andrade para quem gastar mais de R$ 300 em produtos.

No caso do Vasco, o “milagre” é a permanência na Série A. Dado como rebaixado, o time ganhou sete pontos nos últimos nove disputados e reacendeu a esperança do torcedor. Por meio das redes sociais, o clube tem chamado o torcedor, sempre por meio do lema criado neste ano: “Eu escolhi acreditar”.

O clube espera receber mais de 35 mil pessoas no Maracanã no próximo domingo e garantir o maior público do ano. Contra o Joinville, no horário das 11 horas, o time chegou a faturar R$ 1,4 milhão. Para a partida, o ingresso mais barato estava R$ 10 mais caro. 


Notícia Flamengo Flamengo Vasco Brasileirão