Às vésperas do Grande Prêmio Heineken do Brasil de Fórmula 1, a Red Bull decidiu levar seus dois pilotos a uma quadra de futsal para apresentar-lhes o “futebol raiz”. O australiano Daniel Ricciardo e o holandês Max Verstappen foram à Vila Madalena, zona oeste da capital paulista, e bateram uma bola com gente que entende do assunto.

Para o “intensivão de futebol raiz”, a equipe austríaca chamou os jogadores de futebol freestyle Lu “Caneta” e Kelwin Alves, e também as atletas profissionais Ketlen Wiggers e Kelly Rodrigues, ambas do time feminino do Santos. A ideia foi mostrar aos pilotos de onde surgem as habilidades dos jogadores brasileiros que encantam os apaixonados por futebol mundo afora.

Foto: Marcelo Maragni / Red Bull Content Pool

Com muito bom humor, os dois mostraram que não possuem uma intimidade das maiores com a bola nos pés, mas correram, chutaram, tentaram dribles e marcaram gols durante a brincadeira.

“Eu acho que fiz tudo certo e aprendi algumas coisas. Principalmente na habilidade, eu ganho do Max, mas ele tem um chute muito bom. É a única coisa que ele sabe fazer bem, mas é o que resulta em gols. E ele corre muito, porque é mais jovem, tem a maior energia, então leva vantagem”, disse Daniel Ricciardo.

“A gente praticou uns dribles e malabarismos antes do jogo. Eu consigo fazer tudo isso jogando videogame, mas lá os jogadores são mais habilidosos do que eu. Aqui, quando começa a partida, você acaba recorrendo aos velhos hábitos, que são correr e tentar fazer gols. Foi legal ver como funciona o jogo e deu para suar um pouco. Mas a verdade é que o Daniel não entendeu o jogo. Ele gosta de carregar a bola com as mãos, como os australianos”, brincou Max Verstappen, em alusão ao rúgbi, esporte bastante popular na Austrália.

A partir desta sexta-feira (9), os pilotos retornam ao esporte que mais entendem, com o início dos treinos para o GP do Brasil. A corrida será disputada no domingo (11), com largada prevista para as 15h10, no Autódromo de Interlagos.


Notícia Red Bull Fórmula 1 F1 futebol futebol raiz ação marketing