Quem nunca ouviu a frase de que futebol e futebol americano são coisas completamente diferentes? Em campo, não dá para negar que realmente são. No entanto, fora dele, ambos são esportes que podem render muito dinheiro comercialmente e é por isso que o dono da franquia mais vitoriosa da NFL no século 21 está de olho em um clube de futebol espanhol.

Tom Brady, principal astro do Patriots, e Robert Kraft. Foto: Reprodução

De acordo com a emissora de rádio espanhola Cope, Robert Kraft, empresário e dono do New England Patriots, está muito próximo de fechar um acordo para adquirir uma fatia significativa, cerca de 40%, de participação no Sevilla.

A imprensa espanhola fala que a negociação seria fechada com um grupo de investimento dos Estados Unidos. Ao que tudo indica, é Kraft, presidente e CEO do Grupo Kraft, quem lidera o consórcio, possivelmente por meio de uma empresa de investimentos batizada de “Sevillistas Unidos 2020”.

Outro jornal espanhol, o Mundo Deportivo, noticiou que existe uma verdadeira luta pelo poder nos bastidores do Sevilla. Segundo a publicação, nos últimos meses houve “ofertas exorbitantes” por pequenos pacotes de ações do clube. Para se ter uma ideia, teriam existido ofertas acima de US$ 1.750 para uma ação cujo valor nominal um ano atrás era de US$ 70.

Segundo a revista Forbes, Robert Kraft tem uma fortuna estimada em US$ 4,17 bilhões. O empresário e adquiriu o Patriots em um acordo de US$ 175 milhões em 1994. De lá para cá, a franquia venceu cinco vezes o Super Bowl e é o campeão do século. Além da franquia da NFL, o Grupo Kraft também é dono do New England Revolution, que disputa a Major League Soccer (MLS). 


Notícia Robert Kraft NFL New England Patriots Sevilla marketing mercado ações compra participação gestão