A eliminação brasileira na Copa do Mundo de Futebol Feminino nas oitavas de final rendeu bastante para a Globo. O fato da partida diante da França ter sido em um domingo, às 16h, horário tradicional do futebol no Brasil, ajudou nos números, assim como a rivalidade histórica existente entre brasileiros e franceses em Mundiais de futebol.

Foto: Reprodução / Twitter (@equipedefrance)

Em São Paulo, a emissora carioca alcançou uma média de 32 pontos na partida (53% de participação dos televisores ligados), 11 pontos a mais do que a média do último mês, com jogos do Brasileirão. No Rio de Janeiro, o número foi de 30 pontos (também 53% dos televisores ligados), 6 acima da média.

Já a Band, a outra TV aberta com os direitos de transmissão no país, teve queda na audiência do torneio. Se, na partida entre Suécia e Estados Unidos, a emissora paulista chegou a marcar 8 pontos, no duelo brasileiro a média ficou em cerca de 4 pontos na medição do Ibope.

LEIA MAIS: Análise: Brasil mostra atraso no futebol feminino

O fim de semana ainda contou com a melhor exibição do time masculino na Copa América. No sábado (22), a seleção goleou o Peru por 5 x 0 e registrou 28 pontos de audiência para a Globo, 14 pontos acima da média em relação aos quatro sábados anteriores. No Rio de Janeiro, foram 25 pontos, 11 acima da média para o horário.


Notícia Copa do Mundo futebol feminino Brasil França audiência Globo Band mídia transmissão mercado