Após surgir de surpresa e cheio de ginga na cerimônia de encerramento da Copa do Mundo da Rússia, Ronaldinho Gaúcho lançou, nesta quinta-feira (19), uma criptomoeda personalizada, a “Ronaldinho Soccer Coin” (RSC). O novo investimento faz parte da estratégia do ex-camisa 10 da seleção brasileira para os eSports.

Desenvolvida ao lado da World Soccer Coin (WSC), empresa que tem sede em Malta, a “Ronaldinho Soccer Coin” está na fase inicial de oferta de moedas. Segundo o próprio ex-jogador, a criptomoeda terá pré-venda pública aberta em 16 de agosto. Na fase inicial, serão emitidos 140 milhões de tokens, com um teto de 350 milhões de RSCs.

Foto: Reprodução / World Soccer Coin

O objetivo da WSC é transformar a RSC na principal moeda do mundo do futebol. Segundo o site oficial da iniciativa, trata-se de um alcance de cerca de 3,5 bilhões de fãs.

Para chegar ao resultado desejado, a empresa criará uma rede de estádios virtuais em diversas regiões do mundo, além de lançar uma superliga de eSports em que atletas amadores e profissionais poderão ganhar prêmios em dinheiro. Sete estádios digitais já foram feitos em países do leste e sudeste asiático, mas a expectativa da WSC é construir 300 unidades nos próximos três anos. Existe a ideia de que uma competição de eSports seja realizada já em 2019, em Bangcoc, na Tailândia.

Para se ter uma ideia do nível de tecnologia envolvido, os estádios digitais estão sendo construídos com o uso de inteligência artificial, realidade virtual e realidade aumentada. Também há a criação de um banco de dados blockchain. Essas inovações serão auxiliadas pela tecnologia da empresa chinesa NEO.

Com a receita gerada pela nova moeda, o ex-craque revelado pelo Grêmio e melhor jogador do mundo em 2004 e 2005 espera desenvolver uma academia de futebol e organizar jogos, além de se concentrar em projetos de futebol digital.

“Desde que pensei em me aposentar, comecei a pensar na minha vida após a aposentadoria. Eu desejo contribuir para o mundo o máximo que puder”, declarou Ronaldinho Gaúcho.


Notícia Ronaldinho Gaúcho criptomoeda eSports World Soccer Coin Ronaldinho Soccer Coin marketing mercado