O DAZN esteve presente no 2º Fórum Máquina do Esporte nesta segunda-feira (25). Representada por Sérgio Floris, vice-presidente de conteúdo e aquisições, a plataforma de streaming protagonizou uma palestra sobre o futuro da mídia esportiva no Brasil e no mundo.

Em primeiro lugar, Sérgio apresentou dados sobre o consumo do esporte nos meios de comunicação. Segundo ele, os hábitos de consumo estão mudando muito rapidamente. Nunca houve tantas maneiras, tanta opção para que o aficionado por esporte acompanhe a modalidade que mais tem interesse.

"A TV paga, por exemplo, não para de perder assinantes. Para se ter uma ideia, a ESPN perdeu 13 milhões de assinantes só no mercado dos Estados Unidos nos últimos cinco anos", destacou o executivo do DAZN.

Foto: Máquina do Esporte

É justamente nesse cenário que pode ser vista a tendência do crescimento do streaming. Entre os dados transmitidos por Sérgio está o fato de que a Netflix, por exemplo, um dos principais nomes desse "novo" mercado de OTTs, cresce a uma porcentagem de mais de dois dígitos por ano no Brasil.

Para o DAZN, esse "boom" do streaming se deve a alguns fatores principais, entre eles a velocidade cada vez maior da internet e também o aumento das operações financeiras que utilizam cartões de crédito. Além disso, trata-se de um produto que está disponível em todos os principais dispositivos do mercado de comunicação e, dessa forma, pode ser acompanhado de maneira democrática.

"Já percebemos, porém, que não adianta querer ficar apenas no conteúdo esportivo e eventos ao vivo. Temos mais de 20 mil transmissões esportivas por ano, mas esse conteúdo não é suficiente. É por isso que seguimos investindo também na experiência do usuário, que tem que entrar na plataforma e gostar do que está vendo desde o começo", afirmou Floris.

Atualmente, a plataforma já possui alguns produtos fora do evento ao vivo. Detentora dos direitos exclusivos da Copa Sul-Americana, aproveitou duelos brasileiros na competição para lançar a série Versus. Além disso, aproveitando a fase histórica do Flamengo, ainda criou uma série original com os bastidores do clube carioca, chamada de "Sem Filtro", que apresentará nos próximos dias episódios com cenas inéditas da conquista da Libertadores.

Por último, na última sexta-feira (22), também estreou uma série em parceria com o canal de humor Porta dos Fundos. Batizado de "Virada de Mesa", o programa tem como objetivo ser "a primeira não mesa redonda da imprensa esportiva brasileira", além de primeiro talk show do streaming no país.

"Com tudo isso, continuamos investindo e crescendo. Hoje, estamos em nove mercados (Brasil, Estados Unidos, Canadá, Alemanha, Áustria, Espanha, Itália, Suíça e Japão). Para o ano que vem, a ideia é duplicar esse número", concluiu o executivo.


Notícia Fórum Máquina do Esporte DAZN streaming plataforma mercado marketing mídia