Há um ano, a Danone decidiu colocar no mercado um novo produto, o YoPRO, um iogurte com alto teor de proteína. O Brasil foi o segundo país a receber a marca, que foi criada em 2017 na Austrália. Para posicionar o produto no mercado, a empresa decidiu adotar o crossfit como plataforma, esporte que, assim como a marca, começou a crescer no país e tem como atributos conceitos que a Danone tenta criar para o YoPRO.

Agora, um ano depois de apostar na estratégia do esporte para apresentar o produto ao mercado, o YoPRO celebra o sucesso nas vendas e projeta um "casamento" duradouro com o esporte como plataforma de comunicação da marca.

Foto: Divulgação / Danone

"A gente sabe que é um caminho sem volta. Foi uma escolha trabalhar com o esporte para posicionar a marca. Faz parte do pilar da marca. A gente vai continuar com o investimento no esporte. O tema da saudabilidade é importante, ter o equilíbrio entre o esporte e a vida saudável. É com esse tipo de pessoa que a gente quer falar. Para o ano que vem e para os próximos, vamos continuar com os três esportes principais: crossfit, corrida e treinamento funcional", afirmou Mariana Dutra, gerente de marketing da marca YoPRO na Danone Brasil.

Segundo a executiva, as vendas caminham muito bem dentro dessa realidade. Posicionado como um produto de quem cultiva hábito de vida saudável, a marca tem conseguido se destacar mesmo com o pouco tempo de vida.

"A gente sente esse retorno nas vendas e no relacionamento do consumidor com a marca. Estamos construíndo uma marca com pessoas que fazem parte do dia a dia do esporte. E isso acaba revertendo em vendas. Nosso portfólio de produtos desde o lançamento dobrou. Agora, queremos cada vez mais investir em produtos", revelou Mariana.

Ao abraçar o crossfit, o YoPRO buscou falar diretamente com um público que também estava "carente" de ações de patrocinadores. Esporte em ascendência no país, o crossfit começa a ter uma pequena profissionalização no mercado. A Danone foi buscar a OnebyOne, agência especializada na modalidade, para entender melhor o perfil do crossfiteiro e criar uma relação próxima com ele.

Foto: Divulgação / Danone

"Hoje, o crossfit não tem muitas marcas apoiando. Então, a comunidade abraçou o YoPRO. Nós queremos estar próximos das pessoas nos boxes, nos principais eventos e falando com as principais referências do esporte. Nos campeonatos em que a gente se envolve, começamos a levar coisas diferentes para o torcedor, em linha com o que acontece lá fora. Fizemos ativações no intervalo, levamos mascote, etc. O pessoal começou a gostar demais, afinal acaba sendo entretenimento também para quem está só assistindo às competições. O público, no fim, interage com as nossas ativações, abraça a marca e divulga a gente. Nossa ideia é essa: de ser uma marca parceira no dia a dia das pessoas", contou Mariana.

Depois de um começo de posicionamento pelo crossfit, o YoPRO começou a expandir um pouco as ações para levar a marca a outros esportistas. Atualmente, a corrida de rua e o treinamento funcional são contemplados com algumas ativações.

"A proteína faz parte da vida de todo atleta. Não só para ganhar músculo mas também para auxiliar na performance. Entramos muito forte no crossfit porque tem uma oportunidade e um público que se envolve com a marca. Mas não queremos deixar de fora os outros esportes, que são superimportantes. É muito mais a relação com o esporte do que o nível de prática do esporte. É uma forma de fazer uma oferta diferente de produto", finalizou Mariana.


Notícia Danone YoPRO crossfit proteína produto estratégia mercado marketing ações ativações investimento