Parceria foi apresentada em Buenos Aires (Foto: twitter.com/cruzeiro)

O Cruzeiro apresentou nesta quarta-feira (6) o novo patrocinador máster do time. A equipe fechou uma parceria com o Banco Renner, que usará a marca para operações digitais, a Digi+, personalizada para os cruzeirenses. O modelo de negócio é semelhante ao apresentado pelo Corinthians com o BMG no início deste ano.

Pelo acordo, a Digi+ ficará no espaço máster da camisa do time por um ano. Depois, a iniciativa deverá seguir com a conta digital do time com a instituição financeira. O Cruzeiro ficará com 50% do lucro, assim como acontece na plataforma entre Corinthians e BMG. Será repassado também uma cota fixa, mas os valores não foram divulgados.

Sem citação direta, a entrada do BMG no futebol com um modelo de negócio semelhante foi lembrada constantemente na coletiva de imprensa realizada nesta quarta, em Buenos Aires, local do jogo do time na Libertadores. Inclusive pela crítica de que o Corinthians estaria deixando o peso financeiro da parceria nas mãos dos torcedores.

O diretor comercial do Cruzeiro, Rene Salviano, ressaltou mais de uma vez que não quer “transferir a responsabilidade”, mas apresentar serviços vantajosos aos cruzeirenses. “Queremos R$ 100 milhões, R$ 150 milhões. Não quero jogar a responsabilidade para o torcedor, mas eu acredito no Cruzeiro”, afirmou.

O presidente do clube, Wagner Pires, foi mais direto ao abrir a entrevista coletiva: “Eu convoco vocês, 10 milhões de torcedores: venham para nós. Junto com a gente vocês vão beneficiar enormemente o Cruzeiro”.

A estimativa otimista, tão presente em São Paulo com o BMG, também esteve na parceria cruzeirense. “Um milhão de contas no primeiro ano seria aceitável”, cravou João Urbaneja, presidente do Banco Renner, ao tentar estabelecer uma meta para a parceria com o clube.

Apesar de o projeto ter sido apresentado apenas nesta semana, o Cruzeiro afirma ter sido o primeiro clube com essa proposta. “Nós fomos pioneiros nesse modelo, mas não queríamos lançar sem ter nada. Não tivemos nenhuma ansiedade para anunciar a parceria. Queríamos entregar o projeto pronto”, afirmou Salviano.

Diferentemente do que fez o Corinthians, que lançou a plataforma com o BMG posteriormente ao anúncio da parceria, o Digi+ para o Cruzeiro já está à disposição dos torcedores. A diretoria do time afirmou ter buscado uma série de instituições financeiras para o projeto, mas fechou com a Renner pelo empenho em criar uma marca inteiramente personalizada para a equipe mineira.


Notícia Cruzeiro Banco Renner Patrocínio