Kaká deve estrear com a camisa do Real Madrid. Para a Juventus, o torneio marcará o início da trajetória de Diego no clube. O Lyon, que defende o título, também renovou seu elenco. Entre times e estrelas, muitas são as razões para os holofotes se voltarem à Copa da Paz, torneio amistoso que será realizado na Espanha durante a preparação para a temporada 2009/2010. Nenhum deles, porém, é tão inusitado quanto o objetivo social do evento: construir um estádio na Faixa de Gaza. Situada ao longo do mar Mediterr"neo, a Faixa de Gaza possui 41 quilômetros de extensão. Seu território é dominado pelo grupo isl"mico Hamas, inimigo declarado do Estado de Israel. Por conta disso, a região é foco de constantes ataques das duas partes. A construção de um estádio na Faixa de Gaza é uma aposta da SunMoon Soccer Foundation, entidade criada pelo reverendo Sun Myung Moon. A proposta do grupo é criar 11 arenas esportivas em zonas de conflito ? as próximas serão entre Coreia do Norte e Coreia do Sul e entre Paquistão e Índia ? para que essas locais auxiliem a disseminar a paz entre os povos. Neste ano, todo o superávit da Copa da Paz será destinado à construção do estádio em Gaza. ?Visualizamos algo muito próximo de acontecer em escala global. A humanidade está entendendo que só a força não vai resolver os problemas do mundo. É preciso buscar arte, cultura e esporte, e nós trabalhamos no viés do esporte. Acreditamos e buscamos ações práticas?, disse Waldir Cipriani, diretor do Atlético Sorocaba e membro do comitê organizador do torneio. O Atlético Sorocaba participa da Copa da Paz porque é patrocinado pelo reverendo Moon. A SunMoon Soccer Foundation foi a responsável pela criação do evento, em 2003. Depois de três edições na Coreia do Sul, a realização na Espanha inaugura um novo calendário itinerante. ?Nós tentamos levar o Real Madrid em 2003, mas eles não deram muita import"ncia. Só que o clube viu que a cada edição o superávit era direcionado a uma grande ação em prol da paz?, contou Cipriani. A Copa da Paz faz parte de um projeto chamado ?Play soccer, make peace? (jogue futebol, faça paz, em tradução livre), conduzido pela igreja de Moon. A Copa da Paz de 2009 terá 12 participantes. Além de Real Madrid, Juventus e Lyon, o torneio será disputado por Sevilla (Espanha), Seongnam (Coreia do Sul), LDU (Equador), Al-ittihad (Arábia Saudita), Málaga (Espanha), Aston Villa (Inglaterra), Atlante (México), Besiktas (Turquia) e Porto (Portugal). O campeão receberá dois milhões de euros em premiação.


Notícia Marketing