A Copa América, que começa no dia 14 de junho, fechou um acordo com o Facebook para realizar a cobertura dos bastidores das 12 seleções participantes da competição. O negócio permitirá que os perfis oficiais do torneio no Facebook e no Instagram produzam conteúdos específicos sobre os times dentro de centros de treinamentos, hotéis e transporte oficial da competição.

Foto: Reprodução / Twitter (@CopaAmerica)

"Esse acordo possibilitará a produção de um conteúdo exclusivo, que aproximará todos os fãs do futebol com os bastidores do mais antigo torneio de seleções do mundo e de algumas das principais estrelas do futebol atual", explicou Thiago Jannuzzi, gerente geral de competição do comitê organizador local da Copa América.

No Facebook, a ideia é realizar a produção de vídeos inéditos nos CTs, hotéis e nos ônibus que levarão as delegações para as partidas. O material será utilizado também para turbinar os vídeos sob demanda, uma das maiores apostas da rede social para o mercado de audiovisual. Além disso, o "Watch Party", que reúne fãs em torno de uma única transmissão, também deverá ser bastante utilizado.

"Com 400 milhões de fãs em todo o mundo, o futebol é o esporte mais popular no Facebook. Sabemos o quão apaixonada é essa comunidade e, agora, os fãs da Copa América poderão ter novas perspectivas do torneio e acompanhar seus bastidores a partir de um novo olhar e experiências interativas", comentou Felipe Kozlowski, gerente de parcerias estratégicas de esporte do Facebook para o Brasil.

A própria organização da Copa América será responsável pela contratação da equipe que produzirá os eventos com cada uma das 12 seleções. Os esquadrões de Japão e Qatar foram convidados para completar a lista das tradicionais dez seleções que disputam o torneio (Argentina, Bolívia, Brasil, Chile, Colômbia, Equador, Paraguai, Peru, Uruguai e Venezuela).


Notícia Copa América Facebook Instagram redes sociais bastidores marketing estratégia gestão conteúdo visibilidade transmissão mídia