A Fifa apresentou, nesta sexta-feira (18), a logomarca oficial do Mundial de Clubes deste ano, que será disputado no Qatar, entre os dias 11 e 21 de dezembro. O anúncio surge um mês e meio após a divulgação do emblema oficial da Copa do Mundo de 2022, que também será disputada no país asiático.

O principal destaque da logomarca fica por conta de uma bola de futebol que aparece repaginada como uma pérola, em reconhecimento a uma das primeiras indústrias do Qatar. A decoração da esfera iridescente é inspirada em mashrabiyas, elementos arquitetônicos tradicionais encontrados em residências por todo o Oriente Médio.

A treliça de mashrabiya tem raízes profundas, com exemplos que datam da Idade Média. As telas delicadas são decorativas e funcionais, servindo à dupla finalidade de resfriar as casas em uma região caracterizada pelo calor forte e proporcionar uma decoração elegante, tanto interna quanto externamente.

Foto: Divulgação / Fifa

As cores apresentadas no emblema são o vinho, bastante característico do país, e o azul-turquesa, que homenageia a cor encontrada nas águas da Baía de Doha. A pérola é sustentada no alto por formas que lembram a areia do deserto e acentuada com sinais diacríticos, um elemento fundamental do alfabeto árabe.

A Fifa ainda divulgou que a marca de tecnologia e serviços financeiros Visa, parceira da entidade e patrocinadora dos torneios organizados por ela, começará a venda de ingressos para o torneio na próxima terça-feira (22). Até o dia 31 de outubro, apenas titulares de cartões Visa poderão realizar as compras. Após essa data, qualquer pessoa poderá adquirir ingressos.

Nas redes sociais, torcedores de Flamengo e Grêmio já demonstraram interesse na novidade. Os dois clubes brasileiros estão duelando na semifinal da Libertadores para garantir uma vaga na final da competição e, assim, tentar conquistar o título e ainda representar a América do Sul no Mundial de Clubes.


Notícia Fifa Mundial de Clubes Qatar 2019 logomarca cultura qatari marketing gestão Flamengo Grêmio