A Centauro decidiu criar uma campanha diferente para celebrar o Dia Internacional da Mulher, tradicionalmente comemorado nesta sexta-feira (8). Batizada de "Elas Movem Elas", a campanha usará uma loja para vender somente produtos destinados às mulheres (femininos e unissex), incluindo roupas, calçados e acessórios entre os dias 8 e 10 de março, ou seja, nesta sexta, sábado e domingo.

Camiseta D2M Solid Tee, da Adidas, é um dos produtos que participam da campanha da Centauro (Foto: Divulgação / Centauro)

A rede de artigos esportivos escolheu para isso a loja do Shopping Center Norte, na zona norte de São Paulo. Inspirada no termo sororidade, que prevê a empatia e o incentivo mútuo entre as mulheres, a Centauro tem como objetivo engajar o público feminino a "se mover" junto, em prol da própria saúde e bem-estar, estimulando cada uma a praticar qualquer esporte que lhes faça bem.

A companhia fez questão de ressaltar em comunicado à imprensa que conta com o apoio de diversas marcas para a realização da campanha, entre elas Adidas, Converse, Farm, Fila, Keds, Mizuno, Nike, Puma e Vestem.

A rede de artigos esportivos ainda promoverá treinos e aulas especiais, como de ioga, funcional e defesa pessoal, além de sessões de massagem e relaxamento, personalização de calçados e jogos de futmesa com atletas de futebol. Faz parte da campanha ainda um grande painel sobre empoderamento feminino, que discutirá a presença da mulher no esporte, com a participação da jornalista Mari Palma, da criadora da plataforma Mulheres que Inspiram, Priscilla Adduca, e de Camila Dutra, da iniciativa Feito com Amor. 

A ideia é criar um movimento em que uma mulher pode mover muitas outras, e que muitas podem mover todas. O projeto também inclui ações no e-commerce e nas mídias digitais da companhia, além de contar com influenciadoras convidadas pela rede para participar de atividades nas plataformas on-line da marca, bem como de alguns eventos no decorrer do mês.


Notícia Centauro campanha Dia da Mulher público feminino estratégia marketing mercado