O Brooklyn Nets, que disputa a NBA, tem um novo dono. Após adquirir 49% da franquia em outubro de 2017, o taiwanês Joseph Tsai, cofundador do grupo Alibaba, gigante do e-commerce chinês e mundial, comprou os outros 51% que pertenciam ao milionário russo Mikhail Prokhorov. Complexa, a operação deve terminar em setembro.

De acordo com a imprensa americana, a transação ainda inclui o Barclays Center, ginásio em que o Nets manda seus jogos na liga de basquete. A notícia antecipa uma vontade de Mikhail Prokhorov que, em outubro de 2017, já havia divulgado à ESPN que pretendia se desfazer aos poucos de suas ações para que Joseph Tsai comprasse 100% da franquia em 2021. A negociação ocorre, portanto, pelo menos um ano e meio antes do esperado.

Foto: Reprodução

"Eu tive a oportunidade de testemunhar a reconstrução do Brooklyn Nets que Mikhail liderou há alguns anos. Ele fez um escritório principal e contratou uma equipe de treinadores focados no desenvolvimento dos jogadores, apoiou a organização com todos os seus recursos e se recusou a perder", declarou Joseph Tsai.

Os valores do acordo não foram divulgados. No entanto, fontes próximas à operação garantiram à Bloomberg que Tsai pagará US$ 3,5 bilhões a Prokhorov pelas ações. O russo era dono da maior parte da equipe desde 2010.

Agora, o principal objetivo do novo dono é ajudar a levar o Brooklyn Nets a um título da NBA. A ideia é alcançar a meta a curto prazo e, para isso, a franquia já começou a se mexer nos bastidores. Após o final da temporada passada, a equipe abriu os cofres e fez três contratações de peso: Kevin Durant (ex-Golden State Warriors), Kyrie Irving (ex-Boston Celtics) e DeAndre Jordan (ex-New York Knicks).


Notícia Brooklyn Nets NBA Joseph Tsai Mikhail Prokhorov Barclays Center basquete finanças mercado gestão Alibaba