A Coca-Cola será patrocinadora da Premier League a partir de janeiro de 2019. O acordo com o principal torneio nacional de clubes do mundo se tornará o primeiro em que a multinacional será ativada por meio das várias marcas de seu portfólio, com um foco maior na divulgação de suas opções de baixo ou nenhum açúcar.

O contrato, que não teve os valores divulgados, é válido por três anos e meio, ou seja, até o final da temporada 2021/2022. Como parte dele, os dois lados vão colaborar em uma série de ativações físicas e digitais, incluindo uma turnê de troféus pelo Reino Unido. Além disso, Premier League e Coca-Cola já começaram a trabalhar juntas para promover a sustentabilidade e a reciclagem, e dizem que continuarão a fazê-lo por toda a duração do acordo.

Foto: Reprodução / Twitter (@premierleague)

"A Premier League é uma das ligas mais diversificadas do mundo e une pessoas com uma paixão compartilhada pelo futebol. Estamos ansiosos para trabalhar juntos para ajudar a trazer os fãs para mais perto da ação. A parceria nos dá a oportunidade de mostrar a variedade de bebidas que oferecemos, o que temos orgulho de fazer aqui na Grã-Bretanha, e nos ajudará a aumentar a conscientização sobre nossas bebidas sem açúcar", declarou Jon Woods, gerente geral da Coca-Cola no Reino Unido.

"A Coca-Cola estará dando vida a uma série de marcas. Sabemos de suas campanhas anteriores no esporte, que eles são excelentes para se comunicar com fãs de todo o mundo e têm algumas ideias interessantes, incluindo uma turnê nacional de troféus, que farão com que a liga se beneficie de seu enorme alcance no Reino Unido e em todo o mundo", afirmou Richard Masters, diretor geral da Premier League.

O novo acordo ratifica a presença cada vez maior da Coca-Cola no futebol mundial. A marca já tem parceria com a Liga Inglesa de Futebol (EFL, na sigla em inglês) e também é patrocinadora oficial da Fifa.

Por seu lado, a Premier League, com a assinatura, fecha seu portfólio de sete patrocinadores, ideia que começou a ser seguida em 2015, quando a liga decidiu abandonar a estratégia de vender naming rights a apenas uma marca por um modelo de sete parceiros no total.

Além da Coca-Cola, fazem parte da lista as marcas Barclays, Cadbury, Carling, EA Sports, Nike e TAG Heuer.


Notícia Premier League Coca-Cola patrocínio marketing mercado marca ativações estratégia