Botafogo x Flamengo teve ingressos a R$ 2,50. Foto: Gilvan de Souza / Flamengo

O Campeonato Brasileiro está em sua reta final e, para aumentar o público nos estádios, times em diferentes posições na tabela resolveram fazer promoções de ingressos. A prática, que foi comum durante o torneio, foi intensificada nas últimas rodadas.

O maior exemplo neste momento é o Flamengo. Teoricamente, o time ainda luta pelo título. Mas, a sete pontos do Palmeiras, os torcedores não parecem animados. Para driblar a situação, o clube resolveu fazer uma festa de aniversário nesta quinta-feira (15), na partida contra o Santos. Os tíquetes partem de R$ 15 para os sócios.

O clube carioca, por sinal, aproveitará até a Black Friday para vender mais neste fim de temporada. O Flamengo anunciou que o plano de sócio-torcedor feito para o fã de fora do Rio de Janeiro, o "Onde Estiver", terá 81% de desconto, com mensalidades de R$ 6. Nos outros planos, o abatimento será de 50%.

Mas o Flamengo não é o único. Também na quinta-feira (15), a Chapecoense enfrentará o Botafogo na luta contra o rebaixamento. Para encher a Arena Condá, o clube resolveu vender os tíquetes a R$ 20.

O rival, o Botafogo, tem ido além. Nos dois últimos jogos, o clube cobrou apenas R$ 2,50 de seus torcedores em partidas contra Corinthians e Flamengo. Com boa resposta do público, o time anunciou a manutenção da iniciativa para o próximo domingo (18), contra o Internacional.

Já o Vitória colocou os ingressos a R$ 10 para as partidas da reta final do Brasileirão. Mas isso para os torcedores comuns. Quem for sócio-torcedor do time, com o plano "Bronze", pode entrar gratuitamente no estádio. O time baiano é mais um que luta contra o rebaixamento.

Há apenas uma exceção neste fim de Brasileirão, e vem justamente do único time que já está rebaixado. Para aproveitar a partida contra o Palmeiras, que está próximo do título, o Paraná levou o jogo de domingo (18) para Londrina, no Estádio do Café. Os ingressos estão sendo vendidos a R$ 150. A promoção, nesse caso, envolve a doação de um quilo de alimento para ter a meia-entrada, de R$ 75.


Notícia Brasileirão Gestão