O vínculo do Espanyol com a China pode levar o clube a romper um contrato de patrocínio que iria até 2024. Segundo o site espanhol PericosOnline, o clube vai quebrar o vínculo com o destino turístico Riviera Maya, que terá menor exposição na camisa, para ter a marca da plataforma de conteúdo LD Sports no espaço máster do uniforme.

A empresa é a terceira de origem chinesa que chega ao clube desde que o atleta Wu Lei foi contratado. O Espanyol ainda não oficializou o acordo, mas o site da LD Sports já conta com diversos vídeos sobre o clube e o inglês Southampton, que desde maio é patrocinado pela empresa chinesa. 

Foto: Reprodução / Twitter (@RCDEspanyol)

Em junho, o acordo fechado foi com a China Mobile para exibir conteúdo em vídeo do clube na plataforma da empresa de telefonia móvel Midea Entertainment. Já no início deste mês, o acerto foi com a iFlytek, desenvolvedora de software de tradução.

Wu Lei foi apresentado como reforço do Espanyol em janeiro. Mais jovem a estrear profissionalmente na história do futebol chinês, aparecendo na terceira divisão com apenas 14 anos, o atacante transformou o Shanghai SIPG em time de elite, inclusive conquistando o título chinês em 2018 e quebrando a hegemonia do Guangzhou Evergrande no país. Wu Lei também já garantiu seu nome na história da LaLiga como o primeiro chinês a marcar um gol em 89 anos de campeonato.


Notícia Wu Lei Espanyol LD Sports China Riviera Maya patrocínio marketing gestão mercado influência