A Assembleia Legislativa de São Paulo aprovou o projeto de lei que volta a permitir o consumo de bebidas alcoólicas em estádios de futebol do Estado. O projeto, porém, ainda precisa de sanção do governador João Doria Jr. e ainda não há previsão de uma data para que isso ocorra. O político, na verdade, já chegou a afirmar que "o projeto é inconstitucional" e que o vetará, pois "não pode sancionar". 

Foto: Reprodução

Com isso, não será possível o consumo de álcool durante a Copa América, e apenas cervejas sem álcool serão permitidas. São Paulo e Porto Alegre são as duas cidades-sedes da competição em que o consumo ainda é proibido. Na Copa do Mundo, uma lei específica atendeu a um pedido dos patrocinadores, em especial da Budweiser, e permitiu cerveja nos estádios.

"Esse projeto significa incremento de renda para os clubes, entretenimento pleno para os torcedores e fim da hipocrisia. O banimento já era um problema, pois era muito melhor ter regulado do que excluir", afirmou o advogado André Sica, um dos responsáveis pelo projeto.

O torneio entre seleções mais importante da América do Sul começa nesta sexta-feira (14), com o duelo Brasil x Bolívia, no Morumbi, às 21h30. A final da competição está marcada para o dia 7 de julho, no Maracanã.


Notícia Projeto de lei Estado de São Paulo cerveja nos estádios Copa América marca marketing mercado João Doria