Ana Grimaldi e Sebastião Bomfim Filho exibem placa da Fifa

Ana Grimaldi e Sebastião Bomfim Filho exibem placa da Fifa

O maior investimento já feito pela rede de varejo esportivo Centauro. Esse é o resumo feito por Sebastião Bomfim Filho, CEO do Grupo SBF, dono da marca de lojas esportivas, sobre o contrato de patrocínio fechado com a Fifa para que a Centauro seja uma apoiadora nacional da Copa das Confederações e da Copa do Mundo.

"Ao todo vamos investir cem milhões de reais até a Copa do Mundo. Sem dúvida esse é de longe o maior investimento já feito pelo Grupo SBF no esporte", afirmou Bomfim à Máquina do Esporte instantes depois do acerto com a Fifa ser divulgado.

De acordo com o executivo, o investimento de R$ 100 milhões engloba tanto a cota de patrocínio da Fifa quanto o aporte em ações de ativação do patrocínio. Como assinou o contrato a um mês do início da Copa das Confederações, a Centauro ainda não tem planejado como fará para ativar esse patrocínio.

A empresa terá direito a ingressos para realizar ações promocionais e deverá balizar essa propriedade para as primeiras ações, que estão sendo desenhadas com a agência de publicidade Salles Chemistri. Para o projeto de Copa do Mundo, possivelmente a empresa buscará outras agências, segundo Bomfim.

"Ainda estamos em processo de elaboração. Mas com certeza para a Copa do Mundo, que faremos algumas ativações de pontos de venda e outras propriedades, seguramente deveremos pensar [em ter outra empresa auxiliando no projeto]", disse o executivo.

Nesta sexta-feira a Máquina do Esporte publicará a íntegra da entrevista com Sebastião Bomfim Filho.

Leia mais:

Centauro aposta no Fair Play com ida à Fifa


Notícia FIFA Centauro Patrocínio Copa 2014