A Riot Games, desenvolvedora do jogo League of Legends (LoL) e organizadora do Campeonato Brasileiro da modalidade (CBLoL), anunciou, nesta terça-feira (21), novidades para a temporada 2020. Além de novos narradores e comentaristas, haverá um acréscimo importante na lista de patrocinadores e ainda a implantação de um sistema de franquias, que deverá entrar em funcionamento apenas em 2021.

A novidade entre os patrocinadores é a presença da Mastercard. Parceira global exclusiva de serviços de pagamento nos eventos de LoL desde 2018, a multinacional decidiu expandir sua atuação para o CBLoL. Dentro do patrocínio estão previstas ativações em vídeo, out-of-home (OOH), exclusividade na pré-venda de ingressos, distribuição de benefícios, experiências exclusivas e encontro com atletas, entre outras atividades.  

Foto: Divulgação

"O incentivo ao CBLoL é uma das estratégias para se aproximar da Geração Z e fazer com que a marca seja diferenciada não só entre os jogadores de LoL mas também entre consumidores fora do mundo dos e-Sports", explicou Sarah Buchwitz, vice-presidente de marketing e comunicação da Mastercard no Brasil e no Cone Sul.

Com o acordo, a marca do setor de pagamentos se junta a Gillette, Red Bull e Dell Gaming, que renovaram seus aportes ao torneio para 2020.

"A Dell, por meio da marca Dell Gaming, é patrocinadora oficial do CBLoL há dois anos e isso mostra a importância que o setor tem para a empresa, que além de trazer tecnologias com as últimas inovações do mercado para oferecer uma experiência ainda mais imersiva nos jogos e atender todos os tipos de jogadores, apoia e incentiva o crescimento e profissionalização do e-Sports no país. Ao promover e patrocinar campeonatos de expressão, a empresa espera marcar presença na história da modalidade brasileira", destacou Fernanda Serrani, gerente de marketing do segmento de consumer da Dell.

"A Red Bull vai lançar 4 novas latas com campeões do League of Legends e oferecerá uma série de premiações, dentro e fora do jogo, para os consumidores cadastrados na ativação", revelou a Red Bull, em nota oficial.

Por último, depois de analisar o cenário brasileiro e diferentes experiências de formatos no mundo, a Riot Games chegou à conclusão de que é viável implantar o sistema de franquias no cenário competitivo brasileiro de League of Legends. As regiões da América do Norte, Europa e China já atuam com essa estrutura nas ligas de e-Sports, em que os times se tornam parceiros formais e permanentes dos torneios.

O processo de inscrição e análise de organizações para o CBLoL tem início ainda este ano com o objetivo de implementar o novo modelo em 2021. A Riot Games promete revelar mais detalhes em breve.


Notícia Riot Games LoL CBLoL Mastercard patrocínio marketing mercado e-Sports estratégia modelo sistema franquias