A Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos (CBDA) pode trazer Brett Hawke, australiano que treina César Cielo nos Estados Unidos, para o Brasil. Em entrevista exclusiva à Máquina do Esporte, o presidente Coaracy Nunes revelou interesse na negociação. ?Estamos estudando uma possibilidade de fazer isso. Ele gosta de treinar aqui, mas esse técnico foi fundamental na evolução dele, e respeitamos muito isso?, disse o mandatário. A negociação pode estar atrelada a um novo contrato de patrocínio da CBDA, que já está negociando com uma empresa privada para dividir o posto de parceira-máster com os Correios. Coaracy ainda ressalta que o Brasil tem estrutura necessária para abrigar os treinamentos do campeão mundial dos 50m e 100m livre. Se o desfecho da história for positivo, a CBDA pode apagar uma suposta má relação da entidade com o atleta e sua família. No início do ano, Flávia Cielo, mãe de César, revelou ter desavenças com os dirigentes por episódios que teriam acontecido no começo deste ano. ?O Cielo é o maior nadador da história do Brasil e da América Latina. Eu só o comparo a um Popov e um Phelps. Fora isso, ele é fora de série e foi líder dentro e fora da piscina. Nós fazíamos reuniões todos os dias em Roma?, finalizou Coaracy Nunes.


Notícia Gestão