Aubameyang festeja gol pelo Borussia Dortmund

A Bundesliga divulgou seu modelo para abertura de escolinhas de futebol no exterior. A primeira unidade do novo empreendimento será inaugurada em Israel, em junho.

Segundo a liga alemã, a Escola de Futebol da Bundesliga parte de “um modelo global para promover o futebol competitivo nos mercados importantes”. Entre os países visados estão China e Estados Unidos.

Para a abertura de novas unidades, a Bundesliga busca parcerias com federações, ligas e clubes de cada país. A ideia da entidade é que o programa de formação direta dure uma semana e sirva como passe para que os organizadores de cada país executem depois todo o treinamento.

“As associações e ligas locais podem fazer uso da escola como um ponto de partida para construir seu próprio sistema de promoção de talento jovem ou beneficiar-se dos conhecimentos da Bundesliga para profissionalizar e melhorar suas estruturas locais existentes. Não se cobra nada para participar das escolas de futebol da Bundesliga”, afirmou a entidade.

Segundo Ansgar Schwenken, dirigente da Bundesliga, o projeto não visa lucro.

“O objetivo é fomentar estruturas profissionais de futebol e o talento local em diferentes países. A Escola de Futebol da Bundesliga é considerada uma embaixadora da Bundesliga por seus valores e qualidade. Estamos colaborando com especialistas e treinadores das academias de formação de nossos clubes para montarmos uma base não comercial e sob nossa direção”,   afirmou.


Notícia Bayern de Munique Bundesliga Escola de Futebol Parceria