A Bridgestone anunciou, nesta terça-feira (5), que terá um time olímpico latino-americano em Tóquio 2020. Ao todo, a marca fechou patrocínios a cinco atletas: o brasileiro Darlan Romani (atletismo), a argentina María José Granatto (hóquei sobre a grama), a costa-riquenha Andrea Vargas (atletismo) e os mexicanos Aída Román (tiro com arco) e Rommel Pacheco (saltos ornamentais).

O brasileiro Darlan Romani é o atual campeão pan-americano do arremesso de peso e ocupa a terceira posição no ranking mundial da modalidade (Foto: Divulgação / Bridgestone)

Os cinco escolhidos serão embaixadores da fabricante japonesa de pneus na América Latina e também representarão a empresa em suas atividades que antecedem os Jogos Olímpicos. A Bridgestone, que é parceira do Comitê Olímpico Internacional (COI) e também do Comitê Paralímpico Internacional (IPC, na sigla em inglês), divulgou que os atletas selecionados são considerados inspiradores.

"A Bridgestone está comprometida em melhorar a mobilidade, a vida, o trabalho e o lazer das pessoas, e esses esforços são refletidos em nosso apoio ao Movimento Olímpico, ao Movimento Paralímpico e aos maiores atletas do mundo. Nossos novos embaixadores do Team Bridgestone são alguns dos campeões mais prestigiados de toda a América Latina, com experiências pessoais únicas e poderosas para compartilhar. A Bridgestone se orgulha em comemorar sua jornada e trabalhar em conjunto, motivando pessoas de todas as habilidades a irem atrás de seus sonhos", disse Joseph Saoud, presidente da Bridgestone Americas.

Única parceira olímpica e paralímpica com sede global em Tóquio, A Bridgestone enxerga os Jogos do ano que vem com um significado especial. Por esse motivo, está apoiando a maior lista global de atletas da história da empresa até o momento, com os cinco latino-americanos se juntando a um grupo de mais de 60 embaixadores em 20 países.

De acordo com a marca, os embaixadores são selecionados com base em critérios relacionados aos valores centrais da empresa, suas histórias pessoais, atributos de desempenho e envolvimento com a comunidade.

Cada atleta recebe apoio financeiro e acesso a produtos e tecnologias de ponta da Bridgestone. Em contrapartida, todos precisarão participar de atividades com a comunidade, clientes e funcionários antes, durante e após os Jogos Olímpicos e Paralímpicos de Tóquio 2020.


Notícia Bridgestone Jogos Olímpicos Jogos Paralímpicos Tóquio 2020 time patrocínio marketing investimento gestão mercado marca