O Bayern de Munique disputou, neste domingo (15), um torneio quadrangular com Barcelona, São Paulo e Borussia Dortmund. Acabou ficando na última colocação, mas a verdade é que a passagem do clube alemão pelo solo brasileiro vem sendo usada para conquistar o mercado local.

No sábado (14), ex-jogadores do time, como o brasileiro Paulo Sérgio e o alemão Klaus Augenthaler (campeão do mundo em 1990 pela Alemanha), visitaram a comunidade São Remo, próxima à Cidade Universitária, e deram aulas de técnica de futebol a jovens entre 14 e 15 anos de idade.

A quadra que fica na comunidade de São Remo foi novamente reformada pela ONG love.fútbol, que havia feito esse mesmo trabalho em parceria com a ESPN no local em 2018.

Foto: Divulgação

"Sempre que o Bayern visita uma nova cidade, passamos meses pesquisando a cultura local e temas importantes que afetam aquela cidade. O futebol é uma parte tão vital da cultura brasileira, e o trabalho que a love.fútbol está fazendo para garantir que as crianças tenham acesso ao jogo, independentemente de onde estejam, é impressionante. É uma honra para nós realizar essas sessões com nossas lendas", disse Rudolf Vidal, presidente do Bayern para as Américas, que também esteve presente no evento.

Além disso, na manhã desta segunda-feira (16), o Bayern promoverá um encontro com executivos de empresas para ativar possíveis parcerias. O café da manhã terá a presença de estrelas como o maior artilheiro de Copas do Mundo, o alemão Miroslav Klose, que bateu o recorde de Ronaldo durante a Copa do Mundo de 2014, disputada em solo brasileiro.

"Estou empolgado por voltar ao Brasil, onde tenho muitas boas lembranças. A paixão pelo futebol nesse país é incrível, e tenho a honra de fazer parte da primeira visita do clube ao Brasil, jogando na frente de torcedores que talvez não consigam chegar a Munique. Estava ansioso por alguns ótimos jogos no final de semana e principalmente por conhecer nossos fãs", declarou Klose.


Notícia Bayern de Munique Legends Cup estratégia gestão visibilidade internacionalização marketing mercado brasileiro