A Band e a NBA acertaram um acordo para a liga americana de basquete voltar a ter a temporada regular transmitida na TV aberta após quase 15 anos. Válido por um ano, o contrato estabelece que a emissora transmitirá duas partidas por semana: às quintas-feiras (a partir das 23h30) e aos domingos (a partir das 20h). O pacote terá cerca de 50 jogos e ainda inclui as Finais.

Foto: Reprodução

Pelo calendário, a reestreia da NBA na Band se dará com o duelo entre Golden State Warriors e Los Angeles Clippers, jogo marcado para o próximo dia 24 de outubro, uma quinta-feira, às 23h30. A partida ainda não está oficialmente confirmada pela emissora, já que nos próximos dias serão feitos testes para ratificar a viabilidade de realizar a transmissão.

"É uma oportunidade incrível para que mais brasileiros possam acompanhar tudo o que acontece no universo da NBA. Ter um veículo com o alcance e a força da Band, distribuindo os nossos jogos, conteúdos e tudo o que acontece na liga, é um passo importante que damos para que a NBA esteja ainda mais perto dos nossos fãs no país. Depois de duas décadas, a temporada está de volta à TV aberta, e isso mostra o quanto a NBA está consolidada e presente no dia a dia dos brasileiros", destacou Rodrigo Vicentini, head da NBA no Brasil.

LEIA MAIS: Análise: Juntas, NBA e Band mudam de status

"A Band sempre foi e sempre será o canal do jornalismo, do entretenimento e, claro, o canal dos esportes. Retomamos nossa vocação com conteúdos premium, e a NBA era um objeto de desejo. A exibição das finais da temporada anterior foi uma experiência de grande sucesso e, agora, com toda a temporada 2019/2020, temos a certeza de repetir o espetáculo das transmissões com a competência e o conteúdo da Band", celebrou José Emílio Ambrósio, diretor de esportes da emissora.

O contrato entre NBA e Band foi assinado nesta segunda-feira (14), após vários meses de negociação. Ter a temporada regular na TV aberta era um desejo da NBA desde que montou escritório no Brasil, em 2012. Já a Band "flertava" com o torneio há alguns anos, tendo inclusive exibido as finais da última temporada ao vivo. 

Há cinco anos, a liga iniciou um trabalho de maior exposição na mídia. Fechou com o SporTV, ampliou o acordo com a ESPN e vinha buscando a TV aberta para divulgar o torneio de forma ainda mais exponencial.

LEIA MAIS: Band se acerta com NBA, que volta a ter TV aberta

LEIA MAIS: Após garantir finais, Band tenta NBA para 2020

LEIA MAIS: NBA bate recorde de audiência na ESPN e turbina Band

A última vez que uma emissora aberta transmitiu a temporada regular da NBA foi em 2004, quando a RedeTV! exibiu o torneio. A própria Band não transmite uma temporada completa há 20 anos. A última vez foi em 1999/2000, quando o Los Angeles Lakers se sagrou campeão ao bater o Indiana Pacers nas Finais.

A emissora paulista foi pioneira nas transmissões da principal liga de basquete do mundo para o Brasil. Em 1987, exibiu os primeiros jogos, ainda em reprise, das Finais da temporada 1985/1986, quando o Boston Celtics venceu o Houston Rockets. Em 1988/1989, passou a transmitir uma quantidade maior de jogos até que, em 1989/1990, exibiu jogos semanalmente ao longo de toda a temporada.


Notícia NBA Band TV aberta mídia transmissão acordo marketing gestão mercado basquete