Primeiro clube com mais de 1 milhão de torcedores a aderir ao projeto de marca própria para fornecimento de uniforme, o Bahia mais uma vez inovou. Agora, o clube é o primeiro da história a usar a marca própria para produzir o uniforme de uma outra equipe que é sua rival dentro de campo.

O Bahia anunciou que a marca Esquadrão será a nova fornecedora de material esportivo do Vitória da Conquista. A equipe, que disputa contra o Bahia o Campeonato Baiano, vestirá camisas produzidas pela marca Esquadrão. Os uniformes já estão à venda na sede do clube, que neste ano completa 15 anos de existência.

Foto: Reprodução / Site (ecppvc.com.br)

"A ideia surgiu em uma reunião entre os dirigentes dos clubes. Inicialmente, o motivo da reunião era para tratar de assuntos ligados ao futebol, mas, ao final, o presidente Bellintani (do Bahia) foi perguntado sobre a marca Esquadrão, e o assunto se desenvolveu", disse Sérgio Chamadoira, gerente de negócios do Bahia.

A parceria entre os dois clubes envolve patrocínio e licenciamento, com royalties sobre a venda de produtos que são pagos ao Bahia. O dono da Esquadrão é quem fica responsável pela gestão de confecção e venda das camisas. Os novos uniformes de jogo já estão à venda na sede administrativa do clube e na entrada para sócios-torcedores no Estádio Lomanto Júnior, onde o Vitória da Conquista estreou no Campeonato Baiano diante do Jacuipense, na noite desta quarta-feira (22).

No próximo domingo (26), as duas equipes se enfrentarão no Estádio de Pituaçu, em Salvador, pela segunda rodada do Estadual. Não há previsão de que as lojas do Bahia vendam a camisa, que custa R$ 110,00, parcelado em duas vezes, ou R$ 100,00 à vista. O valor é metade daquele praticado pelo Bahia na venda dos seus uniformes.

LEIA MAIS: Análise: Bahia mostra poder que há nos clubes

O andamento do negócio com o Vitória da Conquista pode gerar para o Bahia um novo modelo de funcionamento para a marca própria. Segundo declaração de Chamadoira à "Rede Bahia", a Esquadrão pode ganhar novos parceiros: "Estamos avaliando o modelo dessa parceria, mas estamos sempre dispostos a conversar e encontrar soluções inteligentes e vantajosas para ambos os lados", afirmou.

Com a marca própria desde o final de 2018, o Bahia foi o primeiro clube da Série A do Campeonato Brasileiro a adotar a estratégia lançada em 2016 pelo Paysandu. O sucesso comercial tem sido tão grande que, em 2020, seis clubes da Primeira Divisão adotarão esse modelo: além do Bahia, Atlético-GO, Ceará, Coritiba, Fortaleza e Goiás são responsáveis pela gestão do fornecimento do próprio material esportivo.


Notícia Esquadrão Bahia Vitória da Conquista marca própria marketing patrocínio futebol história mercado Campeonato Baiano