Assim como havia sido antecipado por Uli Hoeness, diretor do clube, no dia 3 de novembro, a fábrica de automóveis Audi vai fazer um aporte no Bayern de Munique. A montadora ligada ao grupo Volkswagen comprará 9,09% do capital social da equipe e passará a ser sua segunda maior acionista ? perde apenas para a Adidas, que tem 10%. Hoeness disse no início de novembro que essa negociação renderia cem milhões de euros aos cofres do Bayern. Contudo, o valor do investimento da Audi no clube não deve passar de 90 milhões de euros. Com a operação de compra de ações, a Audi também estendeu seu vínculo comercial com o Bayern. A montadora é parceira do clube desde 2002, e esse documento de colaboração agora terá vigência até 2019. ?Temos certeza que o novo sócio abrirá muitas possibilidades para o clube em termos globais. Estamos empolgados com isso?, disse Karl-Heinz Rumenigge, porta-voz do Bayern de Munique no anúncio.


Notícia Gestão