Quase dois anos após a sua criação, a TV Galo, canal oficial do Atlético Mineiro na Internet, fechou parceria com a Net para exibir seu conteúdo na rede fechada. As matérias e vídeos serão veiculados no Canal 14, espaço institucional da operadora de TV a cabo em Belo Horizonte. Com o acordo, o clube pretende abrir uma nova fonte de receita. Nesse primeiro momento, a TV irá operar sem apoio financeiro. No entanto, a idéia é seguir os passos da ?matriz? virtual, que conta com os patrocínios de Cemil, Loja do Galo, Lotto, Vitallis e Portal Veículos, e se tornar lucrativa. ?É uma nova propriedade de patrocínio e um local de comunicação importante com nosso torcedor e, principalmente, com futuros parceiros comerciais?, afirma Emmerson Maurílio, gerente de mídia do Atlético e idealizador da TV Galo. O entusiasmo está baseado na expansão do alcance do canal. Atualmente, a TV Galo tem 25 mil acessos por dia na rede mundial de computadores. A base de assinantes da Net na capital mineira ampliará esse universo para 200 mil domicílios e 700 mil pessoas, segundo Maurílio. Por contrato, o Atlético o tem direito a 50 inserções diárias na Net, além de duas faixas de 30 minutos por semana. O material exibido será igual ao do site até a noite desta terça-feira, quando entrará no ar a primeira reportagem feita exclusivamente para a ?nova? mídia. As logomarcas e vinhetas também serão adaptadas para a TV. A programação terá atrações dedicadas ao cotidiano atleticano, como entrevistas, matérias de jogo, treino, categorias de base e bastidores, além de um espaço voltado para a história do clube, outro institucional e uma seção exclusiva com notícias sobre o departamento médico.


Notícia Atlético-MG Mídia