A euforia com a Copa do Mundo na Inglaterra contagiou até o GP de Silverstone de Fórmula 1, disputado neste domingo (8), dia seguinte à classificação do English Team para a semifinal do Mundial. Nem a decepção com a corrida complicada que teve o favorito Lewis Hamilton, que terminou em segundo lugar atrás de Sebastian Vettel, foi capaz de tirar a alegria dos britânicos.

Uma enorme bandeira do Reino Unido foi pintada na curva que leva aos boxes do autódromo, um dos mais tradicionais do mundo, e ganhou a inscrição “It’s coming home”, que tem embalado a torcida inglesa nesta Copa. Até mesmo a realeza utilizou a expressão em post no Twitter durante o fim de semana. Os ingleses usam a frase para dizer que o futebol está voltando para seu berço.

Foto: Reprodução / Twitter (@F1)

Para completar, dois nomes que fizeram história no futebol inglês estiveram presentes ao autódromo e fizeram a alegria da torcida. Michael Carrick, volante que acabou de se aposentar do Manchester United, e Kenny Dalglish, ex-jogador e ex-técnico do Liverpool, estiveram em Silverstone como convidados da Red Bull e da McLaren, respectivamente.

Após bater a Suécia por 2 a 0 no último sábado (7), o English Team chegou a uma semifinal de Copa do Mundo após 28 anos, já que a última havia sido em 1990, quando a seleção foi derrotada pela Alemanha nos pênaltis e não conseguiu disputar a final.

Dessa vez, a adversária por uma vaga na final será a Croácia. O jogo será disputado na próxima quarta-feira (11). Antes, nesta terça-feira (10), França e Bélgica decidem a outra vaga.


Notícia Copa do Mundo Inglaterra euforia F1 Fórmula 1 semifinal mídia marketing