A NBA voltará a ter transmissão ao vivo na TV aberta no Brasil após 15 anos graças a um acordo que colocará as finais da atual temporada na tela da Band. E, após conseguir assegurar as finais, emissora e entidade trabalham para tentar viabilizar a próxima temporada na grade de programação.

As finais da NBA deste ano são vistas como uma espécie de "aperitivo" para o mercado do potencial de audiência que a liga pode atingir com as transmissões. Nos últimos anos, tendo apenas ESPN e Sportv na exibição das partidas, a NBA tem tido um salto de audiência. A chegada para a TV aberta pode ampliar ainda mais o alcance da liga e fazer com que patrocinadores se interessem em custear a transmissão na Band.

A volta do basquete americano à TV aberta era um projeto antigo da NBA. Desde que a liga estabeleceu um escritório no Brasil, em 2012, a ideia era fazer com que um canal gratuito exibisse a competição. No início da tarde de segunda-feira a Band distribuiu um comunicado à imprensa confirmando o acordo para que as finais deste ano sejam exibidas ao vivo na tela da emissora. A última vez que um jogo da temporada tinha sido exibido por ela foi no distante ano 2000. Em 2004, a RedeTV! conseguiu um acordo e transmitiu a temporada regular da liga. E foi só.

LEIA MAIS: NBA contrasta com jogos do Brasileirão

"A Band foi a emissora que abriu as portas para que os brasileiros pudessem conhecer e se apaixonar pela NBA. Toda uma geração de fãs, aqueles com mais de 25, 30 anos, surgiu assistindo aos jogos na TV aberta. Estamos muito felizes com essa oportunidade”, afirma Rodrigo Vicentini, head da NBA no Brasil.

O negócio amplia a relação da emissora com a liga americana. No início do mês, a Band anunciou a exibição, durante sua programação, do "NBA Freestyle", programa produzido pela liga que traz informações do torneio e lifestyle do basquete. A atração vai ao ar todo domingo, desde o último dia 5 de maio. 

O acerto com a emissora foi feito nas últimas semanas. Band e NBA foram ao mercado atrás de cotas de patrocínio que pudessem viabilizar a transmissão. Com o sim de algumas empresas, foi possível bancar o custo para exibir as partidas.

"Estamos muito felizes em trazer para o público da TV aberta este espetáculo mundial. O esporte sempre foi um pilar da Band, e a exibição das finais da NBA reforça esse compromisso”, diz José Emílio Ambrósio, diretor de esportes da Band.

NBA voltará à tela da Band após quase duas décadas sem transmissão / Foto: NBA

Para reforçar a nostalgia do público mais velho com a volta da NBA à tela da Band, os jogos na emissora terão a participação de Álvaro José como comentarista. Ele era um dos destaques das transmissões nos anos 90, quando o Chicago Bulls liderado por Michael Jordan auxiliou na popularização do basquete no país.

As finais da NBA começam no dia 30 de maio. O Golden State Warriors alcançou na madrugada desta terça-feira sua vaga ao derrotar o Portland Trail Blazers, encerrando em 4 a 0 a final da Conferência Oeste. Agora, a atual bicampeã da NBA e finalista pela quinta vez seguida espera o vecedor do duelo entre Milwaukee Bucks e Toronto Raptors. Os Bucks lideram a série final da Conferência Leste por 2 a 1.


Notícia Basquete Mídia Band NBA