Assim como a delegação colombiana foi recebida com festa em seu país por milhares de torcedores orgulhosos do time que caiu nas oitavas de final da Copa do Mundo após perder para a Inglaterra nos pênaltis, o Peru também decidiu homenagear alguns dos responsáveis por fazerem com que o país voltasse a um Mundial após 36 anos.

Foto: Reprodução

Dessa forma, a volta dos peruanos para casa rendeu ao técnico Ricardo Gareca e ao centroavante e capitão Paolo Guerrero uma estátua dos dois no distrito de San Miguel, nos arredores de Lima, capital do país.

A escultura é uma homenagem aos dois, considerados os grandes responsáveis por levar o Peru ao Mundial após tanto tempo e, mais do que isso, por ajudarem o país a ganhar uma partida na primeira fase, contra a Austrália.

Apesar de atuarem bem, os peruanos acabaram derrotados por Dinamarca e França nos dois primeiros jogos, e a vitória sobre os australianos na última partida serviu apenas para que o torcedor peruano voltasse a sentir o gosto de ganhar uma partida de Copa.

Apesar da reverência, o argentino Ricardo Gareca não sabe se seguirá na seleção. De acordo com a imprensa peruana, este é o desejo da federação e também dos torcedores, mas o técnico ainda não tomou uma decisão sobre o assunto.


Notícia Copa do Mundo Peru Gareca Guerrero estátua torcida reverência homenagem