Você provavelmente nunca tinha reparado ou nunca havia parado para pensar nisso, mas lembra-se de ter visto algum atleta da NBA ou da MLB aparecer uniformizado em um anúncio comercial de uma marca de cerveja? Não, você não se lembra, porque nos últimos 60 anos isso simplesmente não aconteceu. Agora, no entanto, as coisas mudaram.

A responsável pela alteração é a Anheuser-Busch InBev (AB InBev), dona da marca Budweiser, que fechou um acordo com os sindicatos de jogadores das ligas de basquete e beisebol dos Estados Unidos. Com o acerto, a cervejaria americana supera seis décadas de resistência ao uso de atletas em comerciais e campanhas publicitárias de bebidas alcoólicas.

Foto: Reprodução / NBA House / Rio 2016

Segundo o novo acordo, os jogadores da NBA e da MLB poderão ser mostrados uniformizados em anúncios da Budweiser, inclusive com imagens do jogo e com os atletas falando diretamente para a câmera. Há, no entanto, uma restrição: eles não serão mostrados segurando ou bebendo cerveja.

“Uma de nossas principais iniciativas é garantir que nossas marcas sejam mais relevantes. Precisávamos evoluir a maneira como trabalhamos junto às ligas. Ser capaz de mostrar jogadores uniformizados nos permite fazer campanhas locais muito específicas que ninguém mais pode fazer - e a relevância local é crucial”, afirmou Marcel Marcondes, diretor de marketing da AB InBev nos EUA, em entrevista para o jornal americano SportsBusiness Daily.

Segundo o site britânico SportsPro Media, o acordo com a Associação Nacional de Jogadores de Basquete (NBPA), por exemplo, provavelmente foi facilitado pelo fato de que o sindicato retomou no ano passado o controle das negociações de patrocínio envolvendo direitos de imagem coletiva.

Esses negócios eram administrados pela liga, que compartilhava a receita com o sindicato. O novo arranjo, no entanto, torna mais fácil para empresas como a AB InBev lidar diretamente com o sindicato para encontrar um acordo mutuamente benéfico entre as duas partes, que em última análise lucram com fontes de receita anteriormente inexploradas.

Vale lembrar que a Budweiser é patrocinadora oficial da MLB desde 1980 e da NBA desde 1998. Apesar da “vitória” da cervejaria , outras ligas seguem com a proibição de colocar jogadores uniformizados em anúncios de bebidas alcoólicas. O maior exemplo é a NFL.


Notícia Anheuser-Busch InBev AB InBev Budweiser NBA MLB basquete beisebol sindicato cerveja marketing publicidade mercado patrocínio