Nos tempos de calendário ainda mais apertado, era comum o discurso de que o futebol brasileiro perdia oportunidade de internacionalizar as marcas dos clubes por ficar ausente de torneio de pré-temporada. Com alguns poucos jogos a menos, o desejo virou realidade. Mas, na linha de comunicação e marketing, os amistosos têm alguma função? Talvez não aquela que se esperava.

Imaginar que uma partida de pré-temporada tenha o poder de internacionalizar a marca de um clube é uma tremenda ilusão. A rápida passagem de uma equipe por um evento não torna ninguém conhecido. O mais provável é que poucos flamenguistas lembrem da existência do Al-Hilal, mesmo com a partida da equipe em uma competição de extrema importância para os torcedores brasileiros.

Internacionalização do futebol se faz com acesso a transmissão dos principais torneios. Os americanos conhecem os clubes ingleses porque a Premier League é exibida em rede aberta no país. Os amistosos por lá foram apenas uma consequência.

Estar em uma Florida Cup, como fazem Corinthians e Palmeiras, tem outra utilidade, que nada tem a ver com o público estrangeiro. A presença dos times gera exposição e engajamento em um período de baixa na temporada. Os treinos e até mesmo o início do Campeonato Paulista não seriam capazes de chamar a mídia ou até mesmo ser fonte de conteúdo para as plataformas online das equipes.

Corinthians x New York City pode não ser o melhor produto do mundo, mas é o suficiente para, por exemplo, colocar a equipe paulista ao vivo no Sportv. O clube ainda contará com transmissão de jogos de ídolos contra o Palmeiras, que será exibido no Facebook de ambas as equipes. As redes sociais também serviram para apresentar Luan, com uma camisa dada diretamente por Marcelinho Carioca, tudo em Orlando. A cidade também foi palco de passeios das mascotes oficiais do Palmeiras.

As ações e aparições teriam peso muito menor caso não existisse um torneio internacional. Caso a aproximação com novos torcedores permaneça como prioridade para as equipes nacionais, talvez seja o caso de se pensar em torneios amistosos por regiões do Brasil menos acostumadas com o futebol de primeira divisão. Há de se ponderar, nesse caso, se o alcance de conteúdo e transmissão seria mais significativo.

De qualquer maneira, a presença de alguns dias a mais no calendário brasileiro pode ser uma boa vantagem no marketing, além da preparação em campo.


Notícia Corinthians Palmeiras Florida Cup Marketing