A Amazon ganhou a concorrência com Facebook, Netflix e Twitter e garantiu a compra de um pacote que dará à gigante do e-commerce os direitos de transmissão de 20 partidas da Premier League pelas próximas três temporadas. O pacote contempla jogos a serem realizados em feriados e meios de semana, com transmissão exclusiva para Reino Unido e Irlanda. Esta será a primeira vez que a Amazon passará jogos da Premier League.

“O interesse da Amazon em nossos direitos no Reino Unido é uma prova da fantástica competição oferecida por nossos clubes. Este resultado apoiará cada um nos esforços contínuos para jogar o melhor futebol possível e usar sua popularidade e alcance para ter um impacto positivo no esporte e além”, afirmou o presidente da Premier League, Richard Scudamore.

Foto: Reprodução

A tentativa da Amazon de fechar negócio se arrastava desde fevereiro, quando a Premier League anunciou a venda dos cinco pacotes principais à Sky Sports e à BT Sport. Restavam, desde então, dois pacotes, com ambos contemplando direitos de internet. A Amazon fechou com o sexto pacote por um valor não divulgado, enquanto a BT Sport investiu mais 90 milhões de libras e fechou com o sétimo e último.

Com os cinco pacotes vendidos no início do ano, a Premier League já contabilizava cerca de 4,5 bilhões de libras em receita de televisão. Agora, somam-se a isso os 90 milhões a mais da BT Sport e ainda o valor do acordo com a Amazon.

“A Sky e a BT são parceiras consagradas da Premier League e oferecem cobertura de primeira linha da competição por meio de transmissões ao vivo e programação abrangente. Congratulamo-nos com a Amazon como um novo parceiro empolgante e sabemos que o Prime Video (serviço de streaming da Amazon) fornecerá um serviço excelente para que os fãs possam consumir a Premier League”, completou Scudamore.

O acordo com a Premier League é mais um passo da Amazon no mercado de direitos esportivos. Recentemente, a empresa adquiriu os direitos exclusivos do US Open, quarto e último Grand Slam de tênis do ano, também para o Reino Unido e a Irlanda. Além disso, a empresa ainda tem a NFL nos EUA e a Bundesliga, os Grand Slams de tênis e os Jogos Olímpicos de Inverno para Alemanha e Áustria.


Notícia Amazon Premier League direitos de transmissão streaming mídia mercado