A Copa América entra nesta semana em sua reta decisiva. E, a julgar pela movimentação dos patrocinadores do torneio, a competição continuará a ser pulsante apenas nos principais aeroportos do país. Até agora, são os saguões de embarque de Rio de Janeiro e São Paulo que concentram as maiores ações das marcas e fazem com que o torneio tenha mais visibilidade.

Foto: Divulgação / TCL

Na última sexta-feira (28), a TCL organizou a primeira ação voltada para o patrocínio da competição. Na esteira de retirada de bagagens do Aeroporto do Galeão, no Rio de Janeiro, a empresa de eletrônicos instalou uma imagem alusiva à competição e colocou adesivos em algumas bagagens. O torcedor que havia sido selecionado, então, tinha de tentar fazer um gol com narração ao vivo e torcida, numa tentativa de reproduzir o ambiente de um estádio de futebol. Passar pelo constrangimento da situação, porém, valia prêmio. Ao todo, 700 brindes foram distribuídos, entre eles pares de ingressos para a final da Copa América, no próximo domingo (7), no Estádio do Maracanã.

Um dia antes, na quinta-feira (27), a GOL causou alvoroço em Congonhas, em São Paulo. Uma máquina de Guaraná Antarctica foi instalada na sala de embarque do aeroporto mais movimentado do país. Nela, é possível o passageiro da GOL imprimir uma lata de refrigerante que se transforma num cartão de embarque

A máquina foi instalada para um voo especial da GOL que levou convidados e passageiros regulares para Porto Alegre, local do jogo das quartas de final entre Brasil e Paraguai. Mas o apetrecho ficará disponível para passageiros de qualquer voo da GOL que saia de Congonhas até o final da Copa América, ou seja, neste domingo (7).

Foto: Divulgação / GOL

"A torcida verde e amarela e o jeito brasileiro nos inspiram nas nossas criações. Pela primeira vez na história, teremos um check-in em uma lata com nome e sobrenome dos clientes para que eles torçam, junto conosco, com garra pela vitória da seleção na Copa América. Além disso, poderão guardar uma lembrança deste momento único de celebração, que mistura simplicidade com tecnologia", afirmou German Carmona, gerente de marketing da GOL, que também já havia levado, junto com a Mastercard, a taça do torneio para o Galeão e também Congonhas.

LEIA MAIS: Análise: O esporte, enfim, invade aeroportos

Além das ações das marcas, algumas lojas nos aeroportos do país são os lugares em que é mais fácil encontrar os estádios dos jogos e também produtos licenciados com a marca da Copa América. As salas de embarque, afinal, são pontos de concentração dos torcedores de outros países em trânsito para os jogos do torneio.


Notícia Copa América aeroportos estratégia marketing ações ativações mercado patrocínio GOL TCL Mastercard